Capa

FUTEBOL

Brasil goleia Bolívia na estreia do Sul-Americano Sub-17 de Futebol Feminino

Equipe brasileira já é apontada como favorita para vencer o torneio

31.01.2010  |  812 visualizações
São Paulo (SP) - A Seleção Brasileira não teve dificuldades para golear a Bolívia por 3 a 0 na estréia do Sul-Americano Sub-17 de Futebol Feminino neste domingo à tarde, no Estádio do Nacional, na Barra Funda, em São Paulo. A exibição, convincente, coloca a equipe brasileira como favorita para vencer o torneio que classifica as três melhores seleções do continente para o Mundial da categoria em Trinidad & Tobago, no Caribe, em setembro. Na preliminar, o Peru derrotou o Equador por 3 a 1 e conquistou sua primeira vitória no torneio.

O Sul Americano prossegue nesta segunda-feira com mais dois jogos, também no Estádio do Nacional: a Venezuela, surpresa do torneio, defende a liderança do Grupo B contra o Uruguai, às 13h50; e a seguir jogam Argentina e Colômbia. A Seleção Brasileira volta a jogar na terça-feira contra o Equador, no Estádio do Juventus, na Mooca. A entrada é gratuita ao público.

Vitória convincente - Descontado o natural nervosismo da estréia, o Brasil mostrou uma equipe bem entrosada, jogadoras que dominam os principais fundamentos do esporte e, tudo indica, vai evoluir com a sequência dos jogos. Apoiado no sistema 4-5-1 e explorando as laterais do campo, a equipe brasileira marcou três gols no primeiro tempo e decidiu o jogo.

O primeiro gol nasceu de bola parada: Thaís cobrou falta da direita e Bianca, com leve toque, desviou para o gol. A centroavante Paula fez o gol mais bonito da tarde: Luana foi lançada pela direita, driblou uma adversária, foi à linha de fundo e cruzou. Paula, sozinha na pequena área, cabeceou para o gol e correu para comemorar o segundo gol brasileiro com o banco de reservas, aos 25 minutos. O terceiro gol saiu aos 39 minutos: Thaís aproveitou a cobrança de um escanteio e marcou de cabeça.

A equipe brasileira caiu de produção no segundo tempo. Com o campo pesado por causa das chuvas e sentindo desgaste físico, o time diminuiu o ritmo e tratou de administrar o resultado. Mesmo assim, foi quem criou as melhores oportunidades e ainda mandou duas bolas na trave. Já a Bolívia foi poucas vezes para o ataque e, a rigor, não criou nenhuma jogada de perigo. Tanto que a goleira Dani saiu do campo com o uniforme limpo.

Depois do jogo, o técnico do Brasil, Edvaldo Erlacher, comentou que gostou de sua equipe no primeiro tempo e creditou a queda de rendimento, na etapa complementar, a dois fatores: campo pesado e a saída das titulares Thaís e Andressa. Individualmente, citou a atuação da volante Lucimara: "Ela foi importante tanto na marcação como na saída de bola", concluiu.

Ficha Técnica

Brasil 3- Dani; Tainara (Rayanne), Ingrid (Caroline), Lilian e Jucinara; Lucimara, Bianca, Andressa(Glaucia), Luana e Thaís; e Paula. Técnico: Edvaldo Erlacher.

Bolívia 0 - Maria Del Carmen, Mariana Concota, Ana Velasco, Heidy Vaca e Zaura Gomes (Maria Herrera), Janete Viveros, Daniela Aguayo (Margarita Zabata), Angela Coxderos (Yandhy Quiroga) e Sdenka Egues; Diana Zenteno e Eylen Tirado. Técnico: Napoleon Cardozo.

Data: 31/01/2010
Local: Estádio do Nacional
Arbitra: Claudia Umpierrez (Uruguai)
Assistentes: Luciana Mascaraña (Uruguai) e Lucia Hurtatis (Colômbia)
Gols: Bianca, (13 m), Paula (25 m) e Luana (39 m) do primeiro tempo

Cartão Amarelo: Zaura Gomez, Mariana Concota (Bolivia) e Thais (Brasil).
Cartão Vermelho: Mariana Concota

Vitoria da força física - No primeiro jogo da rodada deste domingo, o Peru derrotou o Equador por 3 a 1 e se recuperou da derrota na estreia para a Bolivia. Contando com jogadoras mais altas e fortes, a equipe peruana dominou desde o início e fez dois gols no primeiro tempo: Mariana Butrich aos 14 minutos depois de ganhar uma dividida na grande área e ficar livre para marcar; e aumentou para 2 a 0 depois com um chute colocado de Sofia Perez, aos 26 minutos.

O Equador conseguiu diminuir com chute colocado de Karol Alvarez. O Peru continuou melhor e decidiu o jogo mais uma vez graças à força física: Brianna Bellido ganhou uma dividida dentro da área e chutou forte para fazer 3 a 1.

Ficha Técnica

Peru 3 - Stephanie Martinez, Bony Almestar, Andrea Oliveros, Valeriana Fiorella e Arianne Gubbins; Rosina Nolasco; Brianna Bellido, Flávia Monzon e Juliza Velasquez; Kiara Arbayza (Maria Claudia Picasso) e Mariana Butich. Técnico: Jaime Duarte.

Equador 1 - Gabriela Ortiz, Karen Moreira, Renata Torres, Mariuxi Cherres e Silvia Pilaluisa; Abigail Vaca( Karen Echeverria), Ambar Torres, Andrea Guanuchi (Victoria Santillan) e Amy Guevara; Jennifer Lobonda (Fernanda Verduga) e Karol Alvarez. Técnico: Julio Rosero.

Data: 31/01/2010
Local: Estádio do Nacional
Arbitra: Yercinia Correa (Venezuela)
Assistentes: Yoli Garcia (Venezuela) e Maria Laura Fortunato (Argentina).

Gols: Mariana Butrich (14 m) e Sofia Perez (26 m. 1º T) para o Peru; Karol Alvarez (11 m. para o Equador; e Brianna Bellido (23 m. 2º T) para o Peru.

Classificação

Grupo A

1- Brasil, Paraguai, Peru e Bolívia - 3 pg
5- Equador - 0 pg

Grupo B
1- Venezuela - 4 pg
2- Colômbia - 3 pg
3 -Chile - 2 pg
4 - Argentina - 1 pg
5 - Uruguai - 0 pg

Tabela

Fase Classificatória

28/01 (Estádio do Nacional)
Chile 2 x 2 Venezuela
Colômbia 3 x 1 Uruguai

29/01 (Estádio do Juventus)
13h50 - Bolívia 3 x 0 Peru
16h00 - Equador 0 x 3 Paraguai

30/01 - (Estádio do Juventus)
13h50 - Venezuela 1x 0 Colômbia
16h00 - Argentina 1 x 1 Chile

31/01 - (Estádio do Nacional)
13h50 - Peru 3x 1 Equador
16h00 - Brasil 3x 0 Bolívia

01/02 - (Estádio do Nacional)
13h50 - Uruguai x Venezuela
16h00 - Colômbia x Argentina

02/02 - (Estádio do Juventus)
13h50 - Paraguai x Peru
16h00 - Equador x Brasil

03/02 (Estádio Anacleto Campanella - São Caetano)
13h50 - Chile x Colômbia
16h00 - Argentina x Uruguai

04/02 - (Estádio do Nacional)
13h50 - Bolívia x Equador
16h00 - Brasil x Paraguai

05/02 - (Estádio do Nacional)
13h00 - Uruguai x Chile
16h00 - Venezuela x Argentina

06/02 (Estádio do Juventus)
13h50 - Paraguai x Bolívia
16h00 - Peru x Brasil

Semifinais
09/02 (Estádio do Pacaembu)
15h50 - 1º grupo B x 2º grupo A
18h00 - 1º grupo A x 2º grupo B

Finais
11/02 (Estádio do Pacaembu)

15h50 - Disputa 3º lugar
18h00 - Final

Credenciamento - Credenciamento - Os veículos de comunicação que quiserem cobrir o Campeonato Sul-Americano Sub-17 de Futebol Feminino precisam se credenciar junto à Federação Paulista de Futebol (F: 21897027 e e-mail imprensa@fpf.org.br).

Para ter acesso aos gramados, é necessário enviar formulário em papel timbrado do veículo, assinado pelo editor, com a relação dos profissionais a serem credenciados, com 48 horas de antecedência (dias úteis), da rodada. Para a cobertura do evento fora do gramado, basta apresentação da carteira da Aceesp. Se o profissional não tiver Aceesp, deverá repetir o procedimento acima.

O Campeonato Sul-Americano Sub-17 de Futebol Feminino é um evento oficial da Conmebol, organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), com promoção da Sport Promotion e apoio da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da Prefeitura de São Paulo.

Ailton Fernandes - MTb.: 12.642
E-mail: zdl@zdl.com.br

  • Paula comemora segundo gol
    (Bruno Miani / ZDL)

  • A atacante Paula dribla a goleira Maria
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Thais (Bra) e Zaura (Bol)
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Lucimara, destaque do Brasil
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Luana marcou o terceiro gol
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Bianca festeja primeiro gol
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Torres (Equ) e Fiorela (Peru)
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Boni (Peru) e Silvia (Equ)
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Andrea (Equ) e Fiorela (Peru)
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Amy (Equ) e Juliza (Per)
    (Bruno Miani / ZDL)

Leia também...

Entre em contato