Capa

AVENTURA

DEFINIDOS OS CAMPEÕES DOS JOGOS ROTAS DA NATUREZA

Competição teve torneios de mountain bike, balonismo e canoagem nas sete cidades que compõem a Rota da Amizade, em Santa Catarina

10.06.2007  |  251 visualizações
Treze Tílias (SC) – Ricardo Pscheidt (mountain bike), Lupércio Lima (balonismo), José Herbert de Carvalho Freitas (caiaque) e Marcos Zanghelini e Adilson Pommerening (duck) foram os grandes campeões da primeira edição dos Jogos Rotas da Natureza, que terminou neste domingo nas cidades catarinenses de Fraiburgo, Treze Tílias e Piratuba, respectivamente, que fazem parte da Rota da Amizade, uma associação de sete municípios, que tem o objetivo de desenvolver o turismo e difundir uma das mais belas e hospitaleiras regiões de Santa Catarina.

Um dos destaques da competição, que reuniu modalidades do ar, terra e água, foi o catarinense Ricardo Pscheidt, campeão do torneio de mountain bike e representante do Brasil nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em julho. Ele ficou em segundo lugar na quarta etapa, disputada num percurso de 76 km entre Treze Tílias, a mais austríaca das cidades brasileiras, e Fraiburgo, a terra da maçã.

A vitória foi de Jair Fernando dos Santos, do Avaí Florianópolis, que completou o percurso em 2h46min35s, mesmo tempo do campeão. “Tive um pneu furado e uma roda quebrada na primeira etapa e sábado tive outro pneu furado”, lembrou Jair. “Se não fossem estes imprevistos teria chegado à última etapa brigando pela ponta.”

Já para o campeão, a prova foi bastante dura. “Entrei desgastado por causa do cansaço das etapas anteriores e tive de me superar. A estratégia foi marcar o Jair e ficar junto com ele o tempo todo. Pensei que no final ele fosse até abrir mais, mas chegamos praticamente juntos”, comentou Pscheidt. “O evento serviu como preparação para as etapas da Copa do Mundo, no Canadá, e também para o Pan. Gostei muito do campeonato, também pela grande cobertura da imprensa.”

Líder do ranking nacional, Pscheidt, aos 26 anos, é um dos mais experientes atletas da modalidade. Em ritmo intenso de treinamento, ele ficou muito satisfeito com a sua participação. “Como esperava, as etapas foram muito duras por causa do relevo da região, muito montanhoso”, comentou o atleta, que mora em São Bento do Sul, cidade vizinha a Joinville.

Ex-operador de máquina de manutenção numa fábrica de móveis, Pscheidt definiu-se pelo ciclismo profissional apenas em 2005, quando conseguiu um patrocinador e passou “a treinar e a descansar direito”. “Fui campeão brasileiro de 2006 e isso mostrou que estava certo na minha escolha. Foi um momento difícil porque tinha uma família para sustentar e não podia ficar sem fazer direito nenhuma das duas coisas”, lembrou o atleta da equipe Scott/Manitou/Michelin/Joel Bikes/FELEJ.

Sexto colocado no Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de Bariloche, na Argentina, em março – ele foi o melhor latino-americano garantindo uma vaga para o Brasil na Olimpíada de Pequim, no ano que vem -, ele embarca na quarta-feira para o Canadá, onde vai fazer três semanas de competições, voltando ao Brasil para o Pan-Americano. “Enfrentei as feras do continente na Argentina e vi que a missão no Pan não será nada fácil. Os norte-americanos e canadenses são muito fortes. Mesmo assim acho que o importante é treinar bastante e chegar nas melhores condições possíveis no Rio.”

Última etapa de mountain bike

1) Jair Fernando dos Santos (Avai) – 2h46min35s
2) Ricardo Psicheidt (Felej/Joel Bikes) – mesmo tempo
3) Thiago Aroeira (Sundown/Centauro), a 4min50s
4) Valcemar Justina da Silva (Scott/Marcos César/Fadenp), a 5min44s
5) Gilberto Goes (Team Coyotes/KHS), a 8min14s

Classificação final

1) Ricardo Psicheidt (Felej/Joel Bikes) – 8h23min21s
2) Jair Fernando dos Santos (Avai) – 8h32min02s
3) Thiago Aroeira (Sundown/Centauro) – 8h38min05ms
4) Daniel Zóia (Mérida/Powerbar) – 8h40min49s
5) Pablo Lucatelli (avulso) – 8h45min02s

Balonismo – O goiano Lupércio Lima conquistou o título do 20º.. Campeonato Brasileiro de Balonismo, o mais equilibrado da história, em Treze Tílias. Um exemplo disso é que o campeão somou 28.688 pontos, apenas 35 a mais do que o paulista Luís Silvestre, segundo colocado. Com alto nível técnico, os pilotos tiveram de mostrar muita destreza e habilidade, principalmente nos dois últimos dias, em que os ventos fortes chegaram a atrapalhar as manobras.

Após a última prova, disputada na manhã deste domingo, a juria da competição teve muito trabalho para julgar os recursos dos participantes.. No final, no entanto, os pilotos acabaram se confraternizando na premiação, realizada na sacada do prédio da prefeitura, diante de mais de 500 pessoas. Lupércio recebeu seu troféu das mãos do governador Luiz Henrique da Silveira.

“Fiquei muito emocionado com essa conquista por causa do forte nível dos concorrentes e o alto nível da competição”, lembrou Lupércio, que administra uma clínica médica, em Goiânia, e uma empresa de publicidade em balões. “A disputa foi tão acirrada que acabou decidida no último dia. O Luís Silvestre e o Marcos Paulo exigiram muito e valorizaram o título.”

O torneio catarinense de balonismo, que começou em Fraiburgo, contou pontos para o ranking nacional, que apontará os três representantes do Brasil para o Mundial de 2008. Luís Silvestre é o líder do ranking e comemora a convocação para o Mundial, que será anunciada oficialmente nos próximos dias pela Confederação Brasileira de Balonismo (CBB). “Este vice-campeonato me dá a liderança do ranking e, com isso, vou disputar o Pré-Mundial da Áustria. Claro que eu queria o título, mas acho que consegui um bom desempenho em todo o torneio.”

Classificação final do balonismo:

1) Lupércio Lima (GO): 28.688 pontos
2) Luís Silvestre (SP): 28. 653 pontos
3) Marcos Paulo (SP): 26.623 pontos
4) Johnny Alvarez (SP): 26.660 pontos
5) Eduardo Melo (RS): 25.192 pontos

Canoagem - José Herbert de Carvalho Freitas, no caiaque de 4 metros, e Marcos Zanghelini e Adilson Pommerening, no duck, comemoraram bastante o título da competição, que terminou com duas provas de velocidade, de 500 metros de percurso, no lago da Usina Hidrelétrica de Machadinho, em Piratuba. Freitas, de 21 anos, manteve a regularidade nos quatro dias de provas. “Foi uma competição dura e desgastante, o que só me dá mais alegria pela vitória”, disse o atleta de Jaraguá do Sul, atual tricampeão catarinense de descida. Gehard Elias Jancsik ficou em segundo lugar, a apenas 0,9 ponto atrás do vencedor.

No duck, Marcos e Adílson venceram novamente, ampliando a diferença para mais de 25 pontos sobre Kelvin Kroener e Eduardo Kammer, dupla segunda colocada. “Conseguimos o nosso objetivo e isso só nos dá mais ânimo para continuar nos treinamentos”, comentou Marcos Zanghelini, de 44 anos, também de Jaraguá do Sul.

Piratuba, de apenas 6 mil habitantes, vive do turismo desde 1964 quando a Petrobrás ao procurar petróleo achou um grande lençol de águas termais sulfurosas. Hoje, milhares de pessoas fazem a festa nas piscinas com água ricas em propriedades minerais e terapêuticas, com 38º. graus de temperatura.

Classificação final da canoagem:

Caiaque 4 metros

1) José Herbert de Carvalho Freitas: 128,80 pontos
2) Gehard Elias Jancsik: 127,90 pontos
3) Fabiano Welter da Silva: 102,80 pontos
4) Ademir Reggert: 98,30 pontos
5) Bruno Biribio Woerner: 81,80 pontos

Duck

1) Marcos Zanghelini/Adilson Pommerening: 139,80 pontos
2) Kelvin Kroener / Eduardo Kammer: 144,10 pontos
3) Cristiano dos Santos / Maurício Zanotti: 101,90 pontos
4) Wilson Tomelin Junior / Elizete de Souza: 92 pontos
5) Chrystian C. de Borba / Osiel de Souza Pereira: 42,60 pontos

Os Jogos da Rotas da Natureza, competição que mostra o grande potencial turístico e ecológico, teve patrocínio de Fundesporte, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo e Esporte, Governo do Estado de Santa Catarina e Malwee Malhas e apoio de Gatorade, Fesporte, Rota da Amizade Convention & Visitors Bureau, Confederação Brasileira de Canoagem, Confederação Brasileira de Balonismo, Confederação Brasileira de Ciclismo, Federação Catarinense de Canoagem, Polícia Militar de Santa Catarina, Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros de Santa Catarina e Prefeituras Municipais de Piratuba, Joaçaba, Treze Tílias, Tangará, Pinheiro Preto, Videira e Fraiburgo. A realização foi da Federação Catarinense de Ciclismo.

Mais informações no site www.jogosrotasdanatureza.com.br

João Pedro Nunes – Mtb 11.675 / Guto Francischini – Mtb 45.553
E-mail: zdl@zdl.com.br
  • José Herbert venceu no caiaque
    (Caetano Barreira/adorofoto)

  • Balão do campeão Lupércio
    (Luiz Doro/adorofoto)

  • Pscheidt no topo do pódio
    (Tico Utiyama/adorofoto)

  • O governador Luiz Henrique e Lupércio
    (Luiz Doro/adorofoto)

Leia também...

Entre em contato