Capa

VELA

Catatau e Cláudia Mazzaferro estão a um passo da indicação para disputar os Jogos da Juventude

Velejadores paulistas foram bem nas duas regatas de Byte CII deste sábado na represa de Guarapiranga

30.01.2010  |  1.273 visualizações
São Paulo (SP) - Os paulistas Alexander Elstrodt, o Catatau, e Cláudia Mazzaferro foram bem nas duas regatas deste sábado da classe Byte CII da Pré-Olímpica das Américas do Sul e Central e estão a um passo de garantir a indicação para a 1ª Olimpíada da Juventude, que será disputada em Cingapura, entre 14 e 26 agosto. Catatau assumiu a liderança geral do torneio, que inclui o Sul-Americano Aberto da classe, com 31 pontos perdidos. Já Cláudia passou a liderar a classificação da seletiva e a ocupar a segunda colocação no Aberto Feminino, com 63 pontos.

As seletivas de Byte CII e de prancha Techno 293, que continua mais equilibrada, terminam neste domingo, a partir das 11 horas, na Associação Desportiva e Cultural Eletropaulo (rua Peixe Vivo, 155), na Represa de Guarapiranga, em São Paulo.

"Agora não quero apenas garantir a indicação para a Olimpíada da Juventude. Meu objetivo neste domingo será lutar pelo título do Sul-Americano Aberto também", comentou Catatau, de 15 anos, que, apesar de tímido, mostra muita determinação. "Quero muito ganhar do Michael", prosseguiu, referindo-se a Michael Louzada, que ficou em quarto lugar no Mundial da Inglaterra, em 2008, e em sexto no Mundial do Canadá, em 2009, e que até sexta-feira liderava o Aberto. Michael tem 32 pontos perdidos e agora está em segundo lugar.

Já Cláudia Mazzaferro é considerada um dos novos talentos da vela brasileira. Com apenas 14 anos, foi se adaptando melhor ao Byte CII durante a competição e conseguindo melhores resultados. Quinta colocada na classificação geral, que leva em consideração homens e mulheres, ela está a apenas dois pontos de Denise Chagas, líder do Sul-Americano Aberto.

"Estou feliz porque acho muito difícil perder a indicação. Agora vou ficar no aguardo da ratificação ou não de minha convocação para a Olimpíada", comemorou Cláudia, que há duas semanas conquistou o título do Campeonato Brasileiro de Optimist, ficando em segundo lugar no geral (homens e mulheres), em Salvador (BA). "Gostei muito do Byte, mas tenho muito coisa a aprender ainda."

Assim como Catatau, Cláudia é atleta do Yacht Club de Santo Amaro (YCSA) e, por isso, conhece bem as raias da represa de Guarapiranga. "Este torneio está sendo muito legal, apesar dos ventos fracos em todos os dias", disse a campeã norte-americana de Optimist, que tem cinco pontos de vantagem para a argentina Solewe Crepin, segunda colocada.

Mesmo com ventos inconstantes, que variaram de 6 a 8 nós, rumo Noroeste, a comissão de regata do Byte conseguiu realizar duas regatas no dia, com cerca de 2 milhas de percurso total (3,1 quilômetros) e agora tem 11 provas realizadas em três quatro de competições.

Projeto social - No Sul-Americano Aberto de Byte CII, Michael Louzada continua na briga pelo título, embora por ser mais pesado esteja sofrendo mais com o vento fraco. Integrante do Projeto Ventos & Velas da Prefeitura de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, Michael trabalha como instrutor de atletas mais jovens.

O Projeto Ventos & Velas é uma iniciativa da Prefeitura de São Sebastião e do Unibanco e tem como proposta a popularização das atividades náuticas e desenvolvimento do conhecimento marítimo entre jovens e crianças do município de São Sebastião. Dentro dos objetivos do projeto também estão a formação profissional marítima e a busca de talentos para a prática da vela de competição. Só neste evento, o projeto inscreveu nove atletas no Byte - um teve que se retirar por sofrer um corte no calcanhar. Jefferson dos Santos Bastos passou a ajudar na equipe de apoio do grupo.

O projeto conta com a parceria da Associação de Vela de São Sebastião, que atua ao lado da Secretaria de Esportes há mais de 10 anos. A Associação de Vela fornece para o projeto a mão-de-obra de instrutores, bem como o auxílio técnico em eventos e na elaboração do conteúdo dos cursos de vela.

Techno 293 - Ao contrário da Byte CII, a classe Techno 293 conseguiu realizar apenas uma regata, com seis nós de vento (o mínimo permitido pelas regras é de 5 nós). O brasileiro Felipe Beltrán, o He Man, terminou em terceiro lugar na prova e perdeu a liderança da seletiva para o argentino Bautista Birkner, que venceu a regata e agora tem 9 pontos perdidos - 1 ponto a menos do que o catarinense radicado em Búzios.

"O campeonato está totalmente aberto e só será decidido neste domingo. Vou tentar fazer o melhor possível, mas sei que também estou muito perto da indicação", lembrou He Man, que tem 10 pontos e o segundo melhor brasileiro na classificação é Mateus Isaac, que está em oitavo lugar, com 43 pontos.

No feminino, a carioca Wendy Stouder Soares manteve o terceiro lugar na classificação da seletiva, com 18 pontos. Os dois primeiros lugares são das argentinas Valentina Serigos, com 7, e Agustina Rodriguez, com 10 pontos perdidos.

No Sul-Americano Aberto, a liderança é de Maximo Sergio, com 6 pontos perdidos. Juan Manuel Gonzalez, também da Argentina, está em segundo lugar, com 14, seguido do brasileiro Diego Feitosa, com 15 pontos perdidos.

Na classe Raceboard, que reúne atletas mais experientes, o argentino Andrés Anderson lidera com 7 pontos, seguido do compatriota Fernando Consorte, com 12. O brasileiro Udo Schenker está em terceiro, com 14.

Diversão - A falta de vento atrasou a programação deste sábado, mas não desanimou os participantes da competição, principalmente dos mais jovens. Enquanto os integrantes das comissões de regatas da Byte CII e do Techno 293 ficavam de olho no vento, os velejadores se divertiam como podiam nas quadras cobertas da ADC Eletropaulo. Muitos garotos e garotas optaram por uma partida de futsal. O único uniforme era o pé descalço, misturando brasileiros e argentinos.

Outro grupo de atletas preferiu andar de skate entre as velas deitadas no piso de uma das quadras que serve de galpão do torneio. Muitos mostraram habilidade para passar em "trilhas" apertadas entre as enormes velas de Techno 293. Os monotipos Byte CII ocupam as margens da quadra, já que ficam sobre pneus ou carrinhos especiais para conduzir as embarcações para a água.

A competição, que começou com 69 atletas, termina neste domingo com 64, sendo 29 no Byte, 25 na Techno 293 e 10 na Raceboard.

A Pré-Olímpica das Américas do Sul e Central para a 1ª Olimpíada da Juventude das classes Byte CII e Techno 293 é destinada para atletas entre 15 e 16 anos - nascidos entre os dias 1º de janeiro de 1994 e 31 de dezembro de 1995. No total, o evento classifica oito atletas - quatro de cada classe - para os Jogos de Cingapura.

A Pré-Olímpica das Américas do Sul e Central para a 1ª Olimpíada da Juventude e o Campeonato Sul-Americano das classes Byte CII e Techno 293 são uma organização da Team Brazil e da Armada Boats. Ambos os campeonatos são reconhecidos pela Federação Internacional de Vela (ISAF), Associação Internacional de Windsurf (IWA) e Associação Internacional da Classe Byte (BCIA).

O apoio é da Prefeitura de São Paulo, da Red Bull, da Confederação Brasileira de Vela e Motor, da Associação Brasileira de Windsurf, Associação Brasileira da Classe Byte e da Federação de Vela do Estado de São Paulo, responsável pela parte técnica da competição, com supervisão da CBVM.

Mais informações no site oficial: www.olympicqualifiers.com
E-mail: contato@olympicqualifiers.com

João Pedro Nunes - Mtb.: 11.765
E-mail: nunes@zdl.com.br
  • Disputa no Techno 293
    (Julio Ribas / Team Brazil)

  • Felipe Beltrán
    (Julio Ribas / Team Brazil)

  • Bautista Birkner
    (Julio Ribas / Team Brazil)

  • Velocidade no Byte
    (Cuca Sodré / ZDL)

  • Disputa na boia
    (Cuca Sodré / ZDL)

  • Dança dos barcos
    (Cuca Sodré / ZDL)

  • Alexander Elstrodt
    (Cuca Sodré / ZDL)

  • Claudia Mazzaferro
    (Cris Dehn / Armada Boats)

  • Largada
    (Cris Dehn / Armada Boats)

Leia também...

02.02.2010

Catatau e Cláudia Mazzaferro serão os representantes da vela nos Jogos da Juventude

Os dois velejadores de São Paulo, da classe Byte CII, foram indicados pela CBVM

01.02.2010

Vídeo - Imagens em alta definição da Pré-Olímpica de Vela

Quatro links mostram imagens de Byte CII e Techno 293 e entrevistas com os vencedores do Byte CII

31.01.2010

Seletiva Pré-Olímpica indica velejadores para os Jogos da Juventude de Cingapura

Catatau e Claudia Mazzaferro, na Byte CII, e He Man e Wendy Soares, na Techno 293, foram os brasileiros mais bem colocados

30.01.2010

Vídeo - Imagens da Pré-Olímpica dos Jogos da Juventude

Edição mostra imagens das regatas disputadas na Guarapiranga e entrevistas com os favoritos

Entre em contato