Capa

RUGBY

CBRu anuncia separação das seleções masculinas de rugby XV e Sevens

Apoio do COB, Ministério do Esporte e patrocinadores foi fundamental para implementação do programa de alto rendimento

20.08.2013  |  829 visualizações
São Paulo (SP) - A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) trabalha intensamente para atingir sua meta de ter seleções fortes e classificar-se para as principais competições internacionais. Parte dessa estratégia inclui a separação das seleções masculinas de XV e de Sevens, a partir dos treinamentos do próximo final de semana (24 e 25), quando os melhores jogadores de rugby do País estarão reunidos no CT da CBRu, em São José dos Campos (SP).

O presidente da CBRu, Sami Arap Sobrinho, justifica a decisão estratégica do Conselho de Administração: "Rugby XV e Rugby Sevens (modalidade olímpica) seria, por exemplo, como comparar o vôlei de quadra ao vôlei de praia. Há jogadores aptos para uma, outra ou ambas modalidades e desde os jogos Pan-Americanos de 2011 os próprios atletas já vinham reivindicando essa separação. Haverá atletas presentes nas duas seleções, mas em caráter de exceção. Para jogarmos em igualdade de condições na elite internacional, precisamos aprimorar atletas especialistas de XV e de Sevens, assim como fazem os demais países do topo do ranking mundial."

O neozelandês Brent Frew, conhecido como "Frubee", head coach das seleções masculinas, complementa: "Não é uma decisão fácil escolher os doze jogadores que vão compor a Seleção Brasileira de Sevens. O processo seletivo tem sido muito difícil, com uma forte disputa por posições. Porém, como em todas as grandes decisões, temos que tomá-la fazendo com que prevaleça o interesse do rugby brasileiro e seu plano estratégico, que neste momento é o de preparar os Tupis da modalidade Sevens para os Jogos Olímpicos do Rio-16 com força, além de atingir a meta de disputar a Copa do Mundo (RWC) em 2019 no Japão".

Os jogadores que não estiveram presentes na última seletiva também estão convidados para participar dessa nova fase. Em São José dos Campos, eles terão uma conversa individual com o técnico Frubee para avaliar os interesses e as possibilidades em relação à seleção. "Com decisões tomadas no passado, percebe-se que bons jogadores perderam as seletivas anteriores para a seleção de Sevens. Gostaria de deixar clara a decisão de que, ambas as seleções masculinas serão tratadas com a mesma importância pela CBRu. O Brasil tem um compromisso a longo prazo nas duas categorias, tanto no masculino quando no feminino", ressalta Frubee.

Agora, os Tupis seguem o planejamento visando as competições e disputas que terão pela frente ainda nesta temporada. "Seguiremos trabalhando intensamente para que as seleções masculinas tenham um excelente desenvolvimento e alcancem bons resultados ainda em 2013. As equipes de Sevens, masculina e feminina, farão um período de treinos e competições na Nova Zelândia, para depois disputar a etapa do Circuito Mundial em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em Dezembro, Jogos Sul-Americanos de Areia na Colômbia e Copa Valentin Martinez no Uruguai.

Os torneios são preparatórios para o circuito sul-americano de Sevens e o ODESUR 7s em 2014, ambos classificatórios para o Hong Kong Sevens, Londres Sevens e circuito mundial. Enquanto a seleção de XV seguirá com foco em seus dois próximos compromissos, a histórica partida contra Portugal marcada para o dia 15 de novembro e a Emirates Cup of Nations em Dubai no mês de Dezembro" comenta Frubee.

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o patrocínio máster do Bradesco e, como patrocinadores principais, Topper, Heineken e JAC Motors. Conta ainda com Alupar, CEMIG, Cultura Inglesa, Brookfield Incorporações e BR Properties como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro Travel Ace, Fortify, Probiótica, Deloitte, Cremer e JExperts.

O rugby é o segundo esporte mais praticado no mundo, têm 5 milhões de jogadores e está presente em 120 países. No Brasil, são mais de 100 mil seguidores, mais de 200 agremiações esportivas e 10 mil atletas registrados, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a International Rugby Board (Federação Internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.


Mais informações no site www.brasilrugby.com.br

Siga o Rugby no twitter

Brasil Rugby no Facebook

Gustavo Coelho / Paula Otero - Mtb.: 17268/MG
E-mail: gustavo@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Claro: 9.8457-9699
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica e no facebook ZDL Comunicação
  • Tupis na modalidade XV
    (Dani Mayer/Fotojump)

  • Rugby Sevens
    (Dani Mayer/Fotojump)

  • Brent Frew, o Frubee
    (Rafael Silva / Divulgação)

  • Sami Arap Sobrinho, presidente da CBRu
    (João Neto / Fotojump)

Leia também...

Entre em contato