Capa

Nestlé VOLEI

Fluminense surpreende Vôlei Nestlé e ganha no quinto set

Equipe de Osasco chegou a abrir 2 a 0, mas cedeu três sets diretos. Agora o time busca reabilitação contra Brasília na sexta-feira (10), em casa

07.11.2017  |  1.576 visualizações

Rio de Janeiro (RJ) – O Fluminense surpreendeu o Vôlei Nestlé e venceu, de virada, por 3 sets a 2, parciais de 19/25, 27/29, 25/20, 27/25 e 15/13, em 2h14min do jogo disputado no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro. Tandara foi a maior pontuadora, com 24 acertos. Destaque também para Paula, com 22 e a peruana Angela Leyva, que derrubou a bola na quadra adversária 18 vezes. Porém, o troféu VivaVôlei ficou com a levantadora do Fluminense, Giovanna. Foi o primeiro resultado negativo da equipe paulista na Superliga, que buscará a reabilitação na próxima sexta-feira (10), diante do BRB/Brasília Vôlei. O Sportv mostrará o jogo ao vivo.

A levantadora Fabíola analisou a partida. “Perdemos a chance de fechar em 3 sets a 1. Estávamos na frente no placar e a quantidade de erros no final da parcial nos prejudicou. Isso é uma coisa que não podemos deixar acontecer. Agora é ter a cabeça no lugar, porque o campeonato é longo. Ninguém gosta de perder, é sofrido, especialmente quando se tem chance de vencer. Agora é ajustar o que não deu certo e trabalhar para buscar a reabilitação”.

O Jogo – Após um início equilibrado, o Vôlei Nestlé imprimiu seu volume de jogo contra o Fluminense. Quando Paula foi para a linha de saque, o placar apontava 10/9 para as donas da casa. Quando encerrou a sequência de sete serviços, o marcador era 16/10 para a equipe de Osasco. Com atuações efetivas da oposta e da ponteira Tandara, o Vôlei Nestlé ganhou a parcial inicial por 25/19.

O Fluminense abriu 9/5 no segundo set, obrigando Luizomar a pedir tempo. E como na parcial inicial, uma sequência de saques fez a diferença para o Vôlei Nestlé. Fabíola foi para o serviço no 5/10 e virou para 11/10. Mas os problemas na recepção complicaram a parcial para as jogadoras de Osasco e o treinador teve de parar o jogo novamente quando seu time perdia por dois pontos (18/16). As orientações deram resultado e Bia, com dois bloqueios, empatou e fez 20/19. Porém, o equilíbrio seguiu até o final e o Vôlei Nestlé precisou de cinco set points para fechar em 29/27 e abrir 2 sets a 0.

O terceiro set começou como terminou o anterior: equilibrado. O saque do Fluminense seguiu dificultando o passe do Vôlei Nestlé, o que comprometeu o ataque. Luizomar precisou pedir tempo quando o adversário vencia no 12/10 e 18/15. A equipe, porém, continuou com problemas em quadra. Tanto que as donas da casa abriram cinco pontos (20/15), vantagem que se manteve até o final da parcial, apesar do esforço e dos pontos seguidos de Tandara no ataque. Com 25/20, o Flu diminuiu a vantagem do Vôlei Nestlé para 2 sets a 1.

O Vôlei Nestlé voltou ligado para o quarto set e disposto a liquidar a fatura. Com bons ataques de Paula e bloqueios de Ninkovic, abriu 10/6 e obrigou o Fluminense a pedir tempo. Mas as donas da casa não estavam dispostas a se entregar. A equipe de Osasco contou com dois bons saques de Nati Martins (que entrou no lugar de Ninkovic) e dois bloqueios de Bia para abrir 18/14. Mas ainda estava longe do fim, pois as cariocas conseguiram empatar no 20/20 e virar para ganhar por 27/25 e levar o jogo para o tie-break.

O quinto e decisivo set foi tenso. O Vôlei Nestlé precisou correr atrás do placar. Embaladas pela vitória na parcial anterior, as cariocas viraram de quadra no 8/6 e logo abriram 11/7, obrigando Luizomar a pedir tempo. Apesar da dificuldade, a equipe de Osasco não se entregou e diminuiu para 12/10 em um bloqueio de Tandara. E apesar do esforço e de salvar três match points, o Vôleo Nestlé foi superado por 15/13.

O Vôlei Nestlé entrou em quadra com Fabíola (6), Paula (22), Bia (9), Ninkovic (10 ), Angela Leyva (18), Tandara (24) e a líbero Tássia . Entraram: Carol, Lorenne, Mari Paraíba e Nati Martins. Técnico: Luizomar de Moura.

O Fluminense entrou em quadra com Giovanna (3), Renatinha (17), Thaisinha (17), Michelle (15), Lara (8), Letícia Hage (14) e a líbero Sassá. Entraram: Larissa (1), Jordane, Rafaela e Pamela (11). Técnico: Hylmer Nascimento.

Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.

A Vedacit é copatrocinadora do Vôlei Nestlé - www.vedacit.com.br
Líder de mercado em produtos de alta tecnologia para a construção civil, a Vedacit apresenta soluções inovadoras e se aproxima das famílias brasileiras com lançamentos para serem utilizados no dia a dia, de forma prática e eficiente. A empresa, com 81 anos de atuação, eleva a impermeabilização a um patamar de maior modernidade estando mais perto das necessidades de seus consumidores.

São mais de 140 produtos em suas linhas de impermeabilizantes, materiais para a recuperação de estruturas e aditivos para concreto, desenvolvidos em laboratório próprio, com a mais alta tecnologia para oferecer soluções apropriadas a diferentes dimensões. Seus itens podem ser encontrados em mais de 30 mil pontos de venda.

Genuinamente nacional, a Vedacit possui três unidades fabris, duas em São Paulo - capital e nova unidade em Itatiba - e uma em Salvador, abastecendo todas as regiões do Brasil. Conta ainda com nove filiais distribuídas estrategicamente pelo país.

SUPERLIGA 2017/18
1º Turno
17/10 - Hinode Barueri 1 x 3 Vôlei Nestlé - Barueri
20/10 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Renata Valinhos Country – Osasco
31/10 - São Cristóvão Saúde/São Caetano 1 x 3 Vôlei Nestlé – São Caetano
03/11 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Pinheiros – Osasco
07/11 – Fluminense 3 x 2 Vôlei Nestlé  – Rio de Janeiro
10/11 – 21h30 – Vôlei Nestlé x BRB Brasília Vôlei – Osasco (Sportv)
14/11 – 19h30 – Vôlei Bauru x Vôlei Nestlé – Bauru
18/11 – 15h - Vôlei Nestlé x Camponesa/Minas – Osasco (Rede TV!)
24/11 – 21h30 – Dentil/Praia Clube x Vôlei Nestlé – Uberlândia (Sportv)
01/12 – 19h – Sesi x Vôlei Nestlé – Santo André
08/12 – 21h30 - Vôlei Nestlé x Sesc/RJ - Osasco (Sportv)

Informações Vedacit:
RelatioNOW
 - (11)4237-3776
Paula Ferezin - paula@relationow.com - 9 9223-4394
Vanessa Denardi - vanessa@relationow.com - 9 4902-8008

Canais:
Facebook: www.facebook.com/voleinestle
Twitter: www.twitter.com/familianestle
YouTube: www.youtube.com/nestlebrasil
Instagram: www.instagram.com/voleinestle
Flickr: www.flickr.com/voleinestle

Informações Vôlei Nestlé:

ZDL - Rafael De Marco - Mtb.: 27556
rafael@zdl.com.br
F: 11 32855911
Cel: 11 976022986
whatsapp: 19 997912108

Site: www.zdl.com.br

Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Tandara coloca no chão
    (Maurício Val / Fotojump)

  • Leyva vira em cima do duplo
    (Maurício Val / Fotojump)

  • Paula ataca forte
    (Maurício Val / Fotojump)

  • Bia no "paredão"
    (Maurício Val / Fotojump)

  • Bloqueio de Ninkovic
    (Maurício Val / Fotojump)

  • Mari Paraíba no passe
    (Maurício Val / Fotojump)

Leia também...

Entre em contato