Capa

Nestlé VOLEI

Vôlei Nestlé conhece tabela de jogos e adversários do Paulista

Em busca do sexto título consecutivo, equipe de Osasco estreia contra o Hinode Barueri, dia 18 de agosto, fora de casa. Por ser o atual campeão, inicia a disputa do Estadual já classificado para a semifinal

09.08.2017  |  1.356 visualizações

Osasco (SP) – A jornada do Vôlei Nestlé rumo ao sexto título consecutivo do Campeonato Paulista da Divisão Especial já tem data para começar. A estreia do time de Osasco no Estadual será contra o Hinode Barueri dia 18 de agosto, às 19h30, no ginásio José Correa, em Barueri. Em função do número impar de participantes – sete – e por ter sido campeão em 2016, a equipe de Fabíola e Mari Paraíba já está garantida na semifinal.

A estreia no José Liberatti, diante da fanática torcida de Osasco, será diante do Vôlei Bauru, dia 25 de agosto, a partir das 19h30. “Não vemos a hora de começar o campeonato. Estamos treinando há quase dois meses e ansiedade para jogar vai aumentando. Seguimos confiantes no trabalho e vamos lutar pelo título”, disse a levantadora Fabíola. No ano passado, o time de Osasco foi campeão ao bater o Pinheiros em dois jogos do playoff, ambos por 3 sets a 0.

A Federação Paulista de Vôlei divulgou a tabela da Divisão Especial na tarde desta quarta-feira (9). Além do Vôlei Nestlé, o Estadual terá Sesi, Pinheiros, São Cristovão Saúde/São Caetano, Vôlei Bauru, Renata Valinhos/Country e Hinode Barueri. A abertura será nesta sexta-feira (11), com o confronto entre o Pinheiros, atual vice-campeão, e o Hinode Barueri, novidade da temporada, às 19h30, no ginásio do Pinheiros.

Direto na semi - O Vôlei Nestlé entra direto na fase final em função do sistema de disputa, que prevê turno único. Enquanto o time de Osasco já está garantido nas semifinais, os classificados entre segundo e sétimo lugares disputarão as quartas de final em playoff melhor de dois jogos, com desempate, caso necessário, no Golden Set (set único disputado logo após a segunda partida). Os jogos terão Grupo B, 2º x 7º; Grupo C, 3º x 6º; e Grupo D, 4º x 5º. O Vôlei Nestlé enfrentará o vencedor do Grupo D em uma das semifinais, enquanto a outra terá os vencedores de B e C.

Preparação - A reta final de preparação do Vôlei Nestlé para o Campeonato Paulista, que começou no final de junho, incluiu uma escala internacional. A equipe desembarcou em Lima, no Peru, na segunda-feira (7) para disputar jogos-treino com a seleção local. O objetivo é aproveitar a oportunidade de enfrentar um adversário que disputou a fase inicial do Grand Prix e está em ritmo forte para o Campeonato Sul-Americano, de 13 a 20 de agosto, em Cali, na Colômbia.

Reforçado - O Vôlei Nestlé trabalha forte para manter a tradição na disputa de títulos. Para isso, contratou a levantadora Fabíola, a ponteira Mari Paraíba, a central Ju Mello e a oposta Lorenne. Além do quarteto, o clube de Osasco renovou os contratos das centrais Bia e Nati Martins, das ponteiras Tandara e Bruna Neri, da oposta Paula Borgo, das levantadoras Carol Albuquerque e Zeni e das líberos Camila Brait e Tássia. Com Luizomar Moura acumulando as funções de técnico do Vôlei Nestlé e da seleção peruana, juntamente com o assistente técnico Jefferson Arosti, o time de Osasco será comandado pelo auxiliar Spencer Lee neste início de Estadual.

Histórico no Paulista - O Vôlei Nestlé é o atual pentacampeão Paulista. O time de Osasco venceu Campinas, em 2012, o Sesi, em 2013, o São Cristóvão Saúde/São Caetano, em 2014, o Sesi, em 2015, e o Pinheiros, em 2016. São seis decisões consecutivas, com cinco títulos e um vice-campeonato em 2011. O clube detém a hegemonia de troféus na competição estadual, com 14 conquistas. O clube da cidade foi campeão nas edições de 1996, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016.

Temporada de bons resultados – O time de Osasco manteve-se entre as maiores forças do Brasil na temporada 2016/17. No período, o técnico Luizomar e suas comandadas foram campeões paulistas, semifinalistas da Copa do Brasil 2017 e vice-campeões da Superliga 2016/17. No Mundial de Clubes, a equipe terminou em sexto lugar.

Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.

Campeonato Paulista – Divisão Especial
Turno único

18/8 - Hinode Barueri x Vôlei Nestlé
25/8 – Vôlei Nestlé x Vôlei Bauru
5/9 – Vôlei Nestlé x Renata Valinhos/Country
8/9 – Sâo Cristóvão Saúde/S. Caetano x Vôlei Nestlé
12/9 – Sesi x Vôlei Nestlé
19/9 - Vôlei Nestlé x Pinheiros

Canais:
Facebook: www.facebook.com/voleinestle
Twitter: www.twitter.com/familianestle
YouTube: www.youtube.com/nestlebrasil
Instagram: www.instagram.com/voleinestle
Flickr: www.flickr.com/voleinestle

Mais informações:
ZDL - Rafael De Marco - Mtb.: 27556
rafael@zdl.com.br
F: 11 32855911
Cel: 11 976022986
whatsapp: 19 997912108

Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • A equipe do Vôlei Nestlé
    (João Pires/Fotojump)

  • Fabíola é um dos reforços do time
    (João Pires/Fotojump)

  • Ju Mello em ação
    (João Pires/Fotojump)

  • Mari Paraíba no ataque
    (João Pires/Fotojump)

Leia também...

Entre em contato