Capa

Nestlé VOLEI

Campeãs do Grand Prix agradecem energia positiva da torcida

Antes de embarcar de volta para o Brasil, Tandara e Bia fizeram questão de expressar sua gratidão pelo apoio dos torcedores do Vôlei Nestlé. Atacantes desembarcam no país no início da manhã desta terça-feira (8)

07.08.2017  |  1.279 visualizações

Osasco (SP) - Tandara e Bia chegam ao Brasil no início da manhã desta terça-feira com a medalha de ouro do Grand Prix no peito. A ponteira/oposta e a central do Vôlei Nestlé foram fundamentais para a conquista da Seleção Brasileira em Nanjing, na China. Mesmo do outro lado do mundo, antes de embarcar para uma maratona superior a 24 horas por aeroportos e trocas de aviões, as atletas fizeram questão de agradecer o suporte da torcida do clube de Osasco, que desde a primeira rodada da competição, no início de junho, mandou energia e boas vibrações por meio de postagens, mensagens, curtidas e compartilhamentos nas redes sociais.

“Quero agradecer a toda a torcida do Vôlei Nestlé pela força. Quero mandar um beijão para todos que estiveram sempre do nosso lado, inclusive sofrendo junto com a gente nessa jornada até o título do Grand Prix. Eu até encontrei um louco aqui na China, apaixonado pelo nosso clube”, disse Tandara, antes de embarcar para uma escala na Alemanha, se referindo à torcida ‘Loucos de Osasco’, que empurra o time em todos os jogos, especialmente no ginásio José Liberatti. Na vitória por 3 sets a 1 sobre a Itália, na final, a atacante fez 22 pontos, sendo a mais eficiente da Seleção Brasileira, ao lado de Natália.

Bia marcou 12 pontos na decisão do Grand Prix e foi decisiva com bloqueios precisos. A central fez coro com Tandara no agradecimento aos torcedores do Vôlei Nestlé. “A nossa torcida esteve o tempo todo com a gente. Sempre apoiando. Sei do carinho que eles têm por nós, por mim e pela Tand, e tenho certeza que eles sabem do nosso carinho por eles. Esse é um momento muito especial e o Vôlei Nestlé e Osasco fazem parte desse título. Fico muito feliz por compartilhar esse momento com todos eles. Só tenho a agradecer tanto carinho, as mensagens e toda a vibração positiva que veio do Brasil”, afirmou.

Tandara e Bia chegam para matar a saudade de familiares e amigos. E para um merecido descanso antes dos próximos desafios com a Seleção Brasileira: o Sul-Americano e a Copa dos Campeões. “Logo voltaremos para conquistar muitas coisas pelo Vôlei Nestlé, mas até lá, espero continuar contando com a energia positiva da nossa apaixonada torcida”, comentou a meio de rede. A ponteira/oposta complementa. “A expectativa é a melhor possível para integrar o grupo da Nestlé, chegar no Liberatti e ver como está a cara do nosso time. Mas tenho certeza que da mesma forma que eu e a Bia estamos trabalhando duro na Seleção, as meninas também estão treinando muito em Osasco para crescer cada dia mais.

Pela rede - Os números comprovam a devoção da torcida do Vôlei Nestlé para com suas representantes na Seleção Brasileira. Na fanpage do time no Facebook (facebook.com/voleinestle), a postagem parabenizando o time pelo título do Grand Prix atingiu mais de 51 mil pessoas, recebendo 3.374 curtidas e 214 compartilhamentos. No Twitter (twitter.com/familianestle) foram seis posts que, juntos, somaram 2.272 engajamentos, com 754 retweets e 1.502 likes. São dados expressivos. E vale lembrar que a repercussão aumenta com as páginas de fãs dedicadas as jogadoras e ao Vôlei Nestlé.

Nas páginas pessoais das atletas não foi diferente. Tandara recebeu 20.501 mil curtidas no Instagram ao postar uma imagem em que ajoelha na quadra para agradecer a Deus pela conquista na China. O time comemorando obteve 18.647 likes. Bia, em duas postagens na rede social dedicada a fotos, atingiu outras 10 mil pessoas.

Reforços e renovações – O Vôlei Nestlé prepara-se para a temporada 2017/18 com o foco em manter a tradição na disputa de títulos. Para isso, contratou a levantadora Fabíola, a ponteira Mari Paraíba, a central Ju Mello e a oposta Lorenne. Além do quarteto, o clube de Osasco renovou os contratos das centrais Bia e Nati Martins, das ponteiras Tandara e Bruna Neri, da oposta Paula Borgo, das levantadoras Carol Albuquerque e Zeni e da líbero Tássia.

Temporada de bons resultados – O time de Osasco manteve-se entre as maiores forças do Brasil na temporada 2016/17. No período, o técnico Luizomar e suas comandadas foram campeões paulistas, semifinalistas da Copa do Brasil 2017 e vice-campeões da Superliga 2016/17. No Mundial de Clubes, a equipe terminou em sexto lugar.

Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.


Canais:

Facebook: www.facebook.com/voleinestle
Twitter: www.twitter.com/familianestle
YouTube: www.youtube.com/nestlebrasil
Instagram: www.instagram.com/voleinestle
Flickr: www.flickr.com/voleinestle


Mais informações:
ZDL - Rafael De Marco - Mtb.: 27556
rafael@zdl.com.br
F: 11 32855911
Cel: 11 976022986
whatsapp: 19 997912108


Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Vibração de Tandara
    (FIVB / Divulgação)

  • Tandara: 22 pontos na decisão contra a Itália
    (FIVB / Divulgação)

  • Bia fez 5 bloqueios na final
    (FIVB / Divulgação)

  • Bia recebe a medalha
    (FIVB / Divulgação)

  • Festa no pódio
    (FIVB / Divulgação)

  • Bia e Tandara
    (João Pires/Fotojump)

  • Tandara é uma das líderes do Vôlei Nestlé
    (João Pires/Fotojump)

  • Bia é uma das melhores bloqueadoras do Brasil
    (João Pires/Fotojump)

Leia também...

Entre em contato