Capa

FUTEBOL

Brasil goleia o México e garante o título invicto do Torneio Cidade de São Paulo de Futebol Feminino

Com três gols de Marta, seleção brasileira vence a mexicana por 5 a 2 e levanta a taça para delírio dos quase 25 mil torcedores que foram ao Pacaembu

20.12.2009  |  4.036 visualizações
São Paulo (SP) - A seleção brasileira venceu o México por 5 a 2, na tarde deste domingo, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP), e sagrou-se campeã invicta da primeira edição do Torneio Internacional Cidade de São Paulo de Futebol Feminino. Aline Pellegrino, Marta (3) e Érika Cristiano marcaram para o Brasil. Dinora Garza e Nayeli Rangel anotaram os gols mexicanos. O time comandado por Kleiton Lima, com quatro vitórias, teve cem por cento de aproveitamento. Balançou as redes 14 vezes e sofreu cinco gols, terminando com o melhor ataque. A melhor defesa foi a chinesa, com quatro gols sofridos. Na preliminar, a China bateu o Chile por 2 a 0 e garantiu o terceiro lugar.

"Enfrentamos grandes seleções, com tradição como a China e o México, e isso acabou valorizando ainda mais nossa conquista. Esperamos que este seja mais um dos muitos títulos que está equipe tem pela frente", avaliou Kleiton Lima, que não conteve as lágrimas quando os torcedores começaram gritar "é campeão". "É emocionante ver as arquibancadas cheias. Isso mostra que o futebol feminino vem se consolidando junto aos torcedores. Um panorama muito diferente do que tínhamos há poucos anos. Essas jogadoras merecem", emendou.

O treinador brasileiro fez questão de elogiar a realização do Torneio Cidade de São Paulo. Segundo ele, está competição foi muito importante para aproximar a torcida das jogadoras, que estavam carentes do carinho que receberam. "Foi o primeiro encontro nosso com os torcedores desde os Jogos Pan-Americanos do Rio (2007) e isso nos deixou ainda mais motivados para dar este título de presentes para eles", declarou Kleiton Lima. "Competições de alto nível técnico como esta são vitais para nossa preparação para o Campeonato Sul-Americano do próximo ano (sem datas e local definidos)", finalizou o técnico.

A final - A partida começou equilibrada, com o time brasileiro buscando, na pressão, chegar à área do adversário, que se fechava na defesa e pouco conseguia ameaçar o selecionado do Brasil. Contudo, em um dos raros contra-ataques que teve, o México abriu o placar. Aos 11 minutos, a atacante Dinora Garza arriscou da entrada da área, acertou um belo chute e a bola encobriu a goleira do Brasil Andréia Suntaque .

A seleção brasileira, apoiada pelos quase 25 mil torcedores que estiveram no Pacaembu, passou a pressionar em busca do gol de empate. E ele veio aos 22 minutos. Maurine cobrou escanteio da esquerda e a capitã Aline Pellegrino apareceu na segunda trave para chutar para o gol. A virada aconteceu aos 34 minutos. Marta ganhou na velocidade de duas zagueiras adversárias e, livre, tocou cruzado no canto esquerdo da goleira Sophia Perez.

No segundo tempo, o Brasil continuou tendo a iniciativa da partida, enquanto as mexicanas permaneciam fechadas na defesa e só chegavam ao ataque esporadicamente através da velocidade das atacantes Dinora Garza, Monica Ocampo e Evelyn Lopez. A supremacia brasileira prevaleceu e, aos 9 minutos, Érika Cristiano recebeu na área e chutou cruzado. A goleira mexicana rebateu, a bola tocou em uma defensora e entrou calmamente no gol.

O quarto gol da seleção brasileira não demorou a sair. Aos 14 minutos, Marta recebeu na direita, avançou até a linha de fundo e cruzou. A bola bateu na zagueira Alina Garciamendez e foi para as redes. O árbitro Salvio Spinola deu o gol para a atacante do Brasil. A própria Marta foi a autora do quinto gol, aos 28 minutos. Cristiane recebeu livre na esquerda e cruzou nos pés da camisa 10. Ela deu um drible de corpo na goleira adversária e chutou para fazer seu terceiro gol no jogo e o sétimo no torneio.

Antes, aos 25 minutos, a meia Nayele Rangel diminuiu para o México em chute de fora da área , que desviou na zaga brasileira e enganou a goleira Andréia Suntaque. "Agradeço à torcida pelo título e pela artilharia da competição. Fiquei emocionada com a vibração do público. As arquibancadas cheias mostraram que o futebol feminino é uma realidade, não é mais algo passageiro, de momento", declarou Marta, que, após o confronto final, seguiu de helicóptero para o aeroporto de Guarulhos (SP), onde embarcaria, junto com Cristiane, para Zurique.

Na cidade suíça, as duas participarão, nesta segunda-feira, da cerimônia que apontará a melhor jogadora da temporada 2009, segundo a Fifa. Ambas concorrem com a inglesa Kelly Smith e com as alemãs Brigit Prinz e Inka Grings . Marta pode receber o título da entidade máxima do futebol mundial pela quarta vez; Cristiane, pela primeira. "Após um torneio competitivo como este, que culminou com um título emocionante, diante de um estádio lotado para o Brasil, vou para Suíça mais feliz e confiante. Espero que, independente de eu ser a escolhida ou não, que a melhor do mundo seja brasileira", ponderou Cristiane.

O Brasil chegou ao título com quatro vitórias. Na fase classificatória, ganhou do Chile por 3 a 1, do México por 3 a 2 e da China por 3 a 0. Na decisão fez 5 a 2 diante das mexicanas, que foi vice-campeã com apenas uma vitória sobre o Chile por 6 a 0. Antes, além da derrota para a seleção brasileira, perdeu da China por 3 a 0. "Fiquei satisfeito com o desempenho das minhas jogadoras, principalmente porque jogamos de igual para igual com a seleção brasileira e isso é muito importante para uma equipe que pretende estar entre as melhores do mundo ", avaliou o técnico mexicano Leonardo Cuellar.

Ficha Técnica

Brasil 5 - Andréia Suntaque; Renata Costa, Aline Pellegrino e Janaína (Grazielle); Maurine, Ester, Fran e Rosana (Danielli); Cristiane, Erika e Marta(Gabriela). Técnico Kleiton Lima.

México 2 - Sophia Perez; Alina, Marilyn Diaz, Leticia Villalpando, Maria Castillo e Luz Salcedo (Lulu Gordillo); Lupita Guadalupe e Dinora Garza; Renae Cuellar(Nayeli Rangel), Monica Ocampo e Evelyn Lopez(Monica Alvarado). Técnico: Leonardo Cuellar

Data: 20/12/2009
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Árbitro: Sálvio Spinola
Assistentes: Tatiane Camargo e Renata Brito

Gols: Dinora Garza (11 m 1º T) Nayeli Rangel (25 m 2º T) para o México; Aline Pellegrino (22 m 1º T), Marta (34 m 1º T, 14 m 2º T e 28 m 2º T) e Erika (9 m do 2º T) para o Brasil.

Cartões amarelos - Erika e Gabriela, do Brasil, e Dinora Garza (Mex)

Renda - R$ 171.107,50 - 21.343 pagantes - 3.372 não pagantes - 24.715 total

Classificação final

1.- Brasil
2.- México
3.- China
4.- Chile

Artilheiras

1.- Marta (Brasil) - 7 gols
1.- Cristiane (Brasil) - 3 gols
2.- Erika (Brasil), Ma Xiaoxu (China), Renae Cuellar (Mex), Dinora Garza (Mex), Lupita Guadalupe , - 2 gols
4.- Aline Pellegrino (Brasil), Grazielle (Brasil) Daniela Moreno (Chile), Liu Sa (China), Han Duan (China) e Ma Jun (China), Monica Ocampo, Marilyn Diaz, Iris Mora, Nayeli Rangel, as quatro do México - 1 gol

Resultados

China 3 x 0 México
Brasil 3 x 1 Chile
Chile 1 x 0 China
Brasil 3 x 2 México
México 6 x 0 Chile
Brasil 3 x 0 China
China 2 x 0 Chile - Decisão de terceiro lugar
Brasil 5 x 2 México - Final

O Torneio Internacional Cidade de São Paulo de Futebol Feminino 2009 foi uma realização da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, com promoção da Sport Promotion e apoio da Prefeitura de São Paulo, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), da Federação Paulista de Futebol e do Grupo Bandeirantes de Comunicação, que transmitiu as oito partidas da competição pelos canais BandSports e TV Bandeirantes.

Mais informações no site oficial : http://torneiospfeminino.sportpromotion.com.br-

ZDL - Roberto Pierantoni - MTb.: 18.194
E-mail piera@zdl.com.br-

  • Equipe comemora no pódio
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Capitã Aline e a taça
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Quase 25 mil pessoas
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Pacaembu lotado
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Técnico Kleiton Lima
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Volta olímpica
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Comemoração diferente
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Marta despede-se do público
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Torcida fez a festa
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Marta faz o quarto gol
    (Bruno Miani / ZDL)

  • Erika festeja seu gol
    (Bruno Miani / ZDL)

Leia também...

19.12.2010

Canadá é campeão do II Torneio Cidade de São Paulo de Futebol Feminino

Brasil empata em 2 a 2, neste domingo, no estádio do Pacaembu, e perde a chance de ganhar a competição pela segunda vez

19.12.2010

Fotos Brasil x Canadá - final do Torneio Cidade de São Paulo

Seguem fotos do primeiro tempo da decisão entre Brasil e Canadá.

19.12.2010

Holanda garante terceiro lugar no Torneio Cidade de São Paulo de Futebol Feminino

Seleção europeia ganha do México por de 2 a 1, no estádio do Pacaembu, e fica com a medalha de bronze da competição. Brasil e Canadá decidem o título a partir das 17 horas

17.12.2010

Brasil e Canadá decidem o II Torneio Cidade de São Paulo de Futebol Feminino

Para conquistar o bicampeonato, seleção brasileira terá de vencer as canadenses, domingo, no Pacaembu

Entre em contato