Capa

LUTAS

DUDA YANKOVICH DEFENDE O CINTURÃO DE CAMPEÃ PELA SEGUNDA VEZ

Musa do boxe brasileiro enfrenta a colombiana Paola Rojas, no Maksoud Plaza

15.06.2007  |  434 visualizações
São Paulo (SP) – A sérvia Duda Yankovich está pronta para defender pela segunda vez o cinturão de campeã mundial superleve (63,5 kg), versão Associação Internacional Feminina de Boxe (Wiba), neste sábado, contra a colombiana Paola Rojas, no hotel Maksoud Plaza (Alameda Campinas, 150), em São Paulo. O combate é o quinto do programa, que começa às 21h30, e terá transmissão dentro do programa Sábado Campeão, na Rede TV, a partir das 23 horas.

“Estou bem treinada e preparada para uma luta difícil. Não conheço a adversária, mas respeito muito a escola colombiana de boxe. Pela tradição, as mulheres têm pegada forte. Além disso, a próxima luta sempre é a mais difícil”, comentou a invicta Duda, de 30 anos e 1,68 m, que marcou 63,0 kg na pesagem oficial, realizada na tarde desta sexta-feira, na academia de ginástica do Maksoud Plaza. “Senti mais dificuldades no combate em que defendi a primeira vez o meu título do que na que conquistei o cinturão. Por isso, tenho de estar preparada.”

O técnico Miguel de Oliveira, que orienta Duda há quatro anos, acha que a atleta atingiu a maturidade no esporte. “Ela me surpreendeu nos treinamentos para essa luta. Ela esteve sempre alegre, motivada, muito tranqüila. Não teve nenhum problema com o peso”, lembrou o treinador campeão mundial. “A cabeça dela mudou e o boxe está mais fácil em sua vida.”

Com oito lutas (sendo oito vitórias, com cinco nocautes), Duda, que tem a carreira administrada pela Sport Promotion, defendeu o cinturão mundial pela primeira vez em março passado, quando venceu a norte-americana Belinda Laracuente, por pontos, em decisão unânime dos jurados.

A colombiana Paola Rojas, de 26 anos, mostrou-se confiante em sua terceira tentativa de conquistar o título mundial. Com um cartel de 14 lutas (6 vitórias, 3 empates e 5 derrotas), a lutadora também não conhece a sérvia, radicada no Brasil há sete anos. “Conhecia a Duda apenas por fotografias. Sei que ela é uma lutadora forte, mas acho que posso fazer um bom combate. Confio em minha preparação”, disse a atleta, que treina na cidade de Cartagena, sob orientação do técnico Aníbal Gonzalez.

Na decisão do título sul-americano Wiba, peso galo (53,5 kg), Simone da Silva Duarte também vai tentar manter a invencibilidade e o cinturão de atual campeã. “Vai ser a minha primeira defesa e estou bastante animada. Estou somente no início de minha carreira e também quero um dia lutar pelo título mundial”, comentou a atleta de 23 anos, que divide o seu treinamento entre São Vicente, onde mora, e a Cia Athletica, em São Paulo. “Vou usar o primeiro round para conhecer melhor a adversária e depois decido a estratégia a usar.”

Entre as outras três lutas da noite, destaque para a estréia profissional de Tatiana Giordano, participante da quarta edição do reality show Big Brother Brasil. Também treinada por Miguel de Oliveira, ela terá como adversária Sueli Caroline Abreu, também estreante. “Voltei a treinar boxe com seriedade há dois meses, quando resolvi me profissionalizar. Fiquei treinando apenas como condicionamento físico durante quase três anos, sem expectativas de eventos”, disse a atleta de 25 anos, que fez três lutas oficiais como amadora e venceu as três. “Estou feliz com o crescimento do boxe feminino e por ter a oportunidade de fazer meu primeiro combate profissional.”

Ingressos - Os ingressos para os cinco combates de sábado custam R$ 50,00 e já estão à venda pelo telefone 3188-4151 ou na Cia Athletica da Rua Kansas (5105-7000).

Programação completa

1ª. luta – categoria pena (57 kg) – quatro rounds de 2 x 1 – amadora

Taynná Cardoso (São Paulo/Centro Olímpico), 1,62m, 18 anos, 25 lutas como amadora (24 vitórias e 1 derrota) x Elisangela Martinez (Mogi das Cruzes), 1,65m, 25 anos, 12 lutas amadoras (8 vitórias e 4 derrotas)

2ª. luta - categoria superleve (63,5 kg) - quatro rounds de 2 x 1
Leticia Giacomini Rojo (São Bernardo do Campo/Brazilian Muay Thai), 1,71m, 24 anos, 3 lutas (1 vitória e 2 derrotas) x Fabiana Melo dos Santos (Praia Grande), 1,68m, 23 anos, estreante profissional.

3ª. luta - categoria superleve (63,5 kg) - quatro rounds de 2 x 1
Tatiana Giordano (Cia Athletica), 1,65m, 25 anos, estreante profissional x Sueli Caroline Abreu (Praia Grande), 1,68m, 21 anos, estreante profissional.

4ª. luta - Sul-Americano WIBA no peso galo (53,5 kg) – oito rounds de 2 x 1
Simone da Silva Duarte (Brasil), 1,62m, 23 anos, 4 lutas (4 vitórias) x Paola Herrera (Colômbia), 1,69m, 23 anos, 15 lutas (12 vitórias com 4 KO, 2 empates e 1 derrota)

5ª. luta - Título Mundial WIBA na superleve (63,5 kg) – dez rounds de 2 x 1
Duda Yankovich (Brasil), 1,68m, 30 anos, 8 lutas (8 vitórias com 5 KO) x Paola Rojas (Colômbia), 1,61m, 26 anos, 14 lutas (6 vitórias, 3 empates e 5 derrotas).

João Pedro Nunes - Mtb 11.675 // Guto Francischini - Mtb 45.553
E-mail: zdl@zdl.com.br

  • Duda Yankovich
    (André Stéfano/ZDL)

  • Tatiana Giordano
    (André Stéfano/ZDL)

  • Paola Herrera x Simone
    (Paola Rojas)

  • Paola x Duda
    (André Stéfano/ZDL)

Leia também...

Entre em contato