Capa

Menezes vence de virada e está na segunda rodada do quali do Australia Open em Doha

No duelo sul-americano, diante do argentino Collarini, mineiro foi em busca da reação no Catar, chegando a salvar três match-points, dando o primeiro passo em busca de uma vaga na chave principal do Grand Slam. Agora, volta à quadra nesta terça-feira (12), diante do holandês Zandschulp

10.01.2021  |  629 visualizações

Janeiro, 2021 – O mineiro João Menezes está na segunda rodada do qualifying do Australian Open. Com uma grande virada, neste domingo (10), estreou com vitória em Doha, no Catar, ganhando o duelo sul-americano diante do argentino Andrea Collarini, 203º no ranking mundial, e dando o primeiro passo em busca da vaga na chave principal do Grand Slam. Menezes - número 3 do Brasil e 193 do mundo - marcou 2 sets a 1, parciais de 1/6, 7/6 (10-8) e 6/3, em 2h28min, após salvar três match-points no tie-break do segundo set. Agora, enfrenta, nesta terça-feira (12), pela segunda rodada, o holandês Botic Van de Zandschulp, 156 do ranking, que surprendeu e derrotou neste domingo, também de virada, o italiano Lorenzo Musetti (129), cabeça 13, por 3/6, 6/1 e 6/4.

“Comecei um pouco abaixo, cometendo vários erros desnecessários. Ele jogando bolas mais altas, principalmente em cima da minha direita. Foi 6/1 o primeiro set, mas foi um 6/1 jogado, onde tive algumas chances, oportunidades para quebrar de volta. No segundo set, procurei me manter competitivo da melhor maneira. Ele quebrou e foi sacar 6/5. Aí, aliviou um pouquinho. E me deu a chance de ser um pouco mais agressivo", explicou Menezes.

"Joguei bem, quebrei. Fomos para o tie-break no segundo set. Salvei três match-points e, depois disso, ainda sai atrás no terceiro set. Daí tive uma grande reação. Do 2/0 ao 6/3 foi meu melhor momento. Consegui jogar mais sólido, mais firme, dar pouco espaço para ele. E o jogo tendeu muito a meu favor", completou.

A virada - Depois de um primeiro set em que viu Collarini vencer por 6/1, com duas quebras, em 29 minutos, Menezes foi em busca da reação. Na segunda série, muito equilíbrio, sem breaks até o 11º game, quando o argentino quebrou primeiro, fazendo 6/5, e Menezes devolveu em seguida, deixando tudo igual, 6/6, e levando a decisão para o tie-break. Com mais uma disputa muito equilibrada, o mineiro salvou três match-points para ganhar por 10-8, empatando o jogo e indo atrás da virada.

No terceiro set, mais uma vez o argentino foi o primeiro a conseguir o break, abrindo 2/0. Novamente, Menezes devolveu em seguida, 2/1. E continuou em busca da reação e da virada. Com um novo break, no sétimo game, passou à frente, 4/3, manteve seu serviço e, com mais uma quebra, marcou 6/3 para comemorar a vitória e seguir no quali.

Em função da pandemia da Covid-19, o qualifying do Australian Open deste ano não está sendo em Melbourne, na Austrália. Jogos, que definirão os classificados para a chave principal do Grand Slam, serão realizados até a próxima quarta-feira (13) no Catar. O Australian Open está marcado para o período entre 8 e 21 de fevereiro, em Melbourne.

Desde 2018 Menezes disputa torneios do circuito Challenger, tendo conquistado seu primeiro título em 2019, em Samarkand, no Uzbequistão. No ano passado, chegou à semifinal do Challenger de São Paulo (SP) e venceu a segunda etapa do Circuito BRB, em Brasília (DF), ambos em novembro, e disputou os qualis do Australian Open e de Roland Garros – neste com uma vitória. 

Um pouco da carreira – O mineiro João Menezes, 24 anos, nascido em Uberaba, começou no tênis aos seis anos, influenciado pela família, levado pelo pai, que jogava, a dar as primeiras raquetadas. E foi se interessando mais e mais, seguindo na carreira, como juvenil e, depois, desde 2014, como profissional.

Entrou no circuito ITF aos 16 anos, alcançando a 26ª colocação mundial entre os juvenis. Em 2014, em parceria com Rafael Matos, foi vice-campeão da chave juvenil de duplas do US Open. Jogou também as chaves juvenis de Roland Garros e Wimbledon. E ficou com o vice-campeonato do Banana Bowl.

Menezes têm cinco títulos Future e a primeira conquista no circuito Challenger veio em 2019, em Samarkand, no Uzbequistão, no mês de maio. Representou o Brasil por duas vezes em Jogos Pan-Americanos: em Toronto 2015 - oitavas de final - e em Lima 2019, voltando do Peru com a medalha de ouro e com a vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Seu melhor ranking na carreira foi a 172ª posição, alcançada em fevereiro de 2020.

Mais informações:
Fanpage:  
https://www.facebook.com/JoaoMenezesOficial/
Instagram: www.instagram.com/joaomenezes12
Marketing/Comercial: Sérgio Oprea - +55 61 98118-9876 -sergio.oprea@terra.com.br - www.zenithmarketing.com.br

ZDL
Doro Jr. - MTb 13209 - 
dorojr@zdl.com.br - 11 984579723
Deborah Mamone - MTb 15148  - 
deborah@zdl.com.br - 11 3285.5911

Site: 
www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsport
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Menezes volta à quadra na terça, em busca da segunda vitória
    (Divulgação)

Leia também...

18.01.2021

Menezes garante vaga em Istambul e enfrenta o principal favorito do torneio nesta terça-feira (19)

No segundo e decisivo jogo do qualifying, nesta segunda-feira (18), na Turquia, o mineiro derrotou o dominicano Roberto Cid Subervi. A estreia na chave principal será contra o cabeça de chave 1, o colombiano Daniel Elahi Galan, às 4h (horário de Brasília)

17.01.2021

Menezes vence a primeira no quali e joga nesta segunda-feira (18) em busca da vaga em Istambul

Tenista mineiro derrotou o turco Marsel Ilhan neste domingo (17) na Turquia e, agora, volta à quadra para enfrentar o dominicano Roberto Cid Subervi. Jogo será por volta das 5h30 (horário de Brasília), valendo lugar na chave principal

16.01.2021

João Menezes busca vaga na chave principal do Challenger de Istambul neste domingo (17)

Por volta das 8h30 (horário de Brasília), tenista mineiro enfrenta o turco Marsel Ilhan (wild card), na primeira rodada do qualifying na Turquia

12.01.2021

Depois de batalha de mais de 3 horas, Menezes para na segunda rodada do quali do Australian Open

Tenista mineiro segue, agora, para a Turquia, onde disputa três torneios Challenger, a partir do próximo dia 18, na sequência da temporada 2021

Entre em contato