Capa

Atletas da Rússia e dos EUA estão motivados para desbancar favoritos do Força Bruta

Mikhail Shivlyakov no The World's Strongest Man
(Divulgação / The World's Strongest Man)

Jerry Pritchett no Arnold Strongman Classic
(Divulgação)

Terry Hollands em ação no Força Bruta
(Rodrigo Dod / Savaget)

Mateusz Kieliszkowski (esq.) em vitória no Força Bruta
(Rodrigo Dod / Savaget)

Arena do Força Bruta em Cotia
(Rodrigo Dod / Savaget)

O russo Mikhail Shivlyakov e o norte-americano Jerry Pritchett comentam sobre preparação e expectativa para competir na sétima edição do evento, em Cotia (SP), na manhã de 16 de fevereiro

05.02.2020  |  1.434 visualizações

São Paulo (SP) - Está chegando a hora. Em dez dias, alguns dos homens mais fortes do mundo se apresentarão para o público brasileiro, na sétima edição do Força Bruta, em Cotia (SP). Na manhã de 16 de fevereiro, na Praça da Matriz, estarão frente a frente quatro pesos pesados do strongman mundial, o atletismo de força: o inglês Terry Hollands, o polonês Mateusz Kieliszkowski, o russo Mikhail Shivlyakov e o norte-americano Jerry Pritchett. A competição, com transmissão ao vivo da TV Globo, a partir das 9h15, faz parte da programação do Esporte Espetacular e tem entrada gratuita para o público.

Se de um lado o atual campeão, Terry, ou o bicampeão do Força Bruta, Mateusz, podem ser apontados como favoritos ao título do evento em 2020, do outro estão Mikhail e Jerry, querendo surpreender. Mikhail Shivlyakov, de 39 anos, 1,87 m e 135 kg, tem grandes feitos no currículo, como o título do Arnold South Africa Pro Strongman, em 2018, e vice-campeão do Arnold Australia Pro Strongman, no ano anterior.

"Estou animado por voltar ao Brasil. Considero nossos países fraternos, realmente gosto deste lugar. Minha preparação não é diferente de qualquer outro torneio, eu assumo com responsabilidade. Um soldado está sempre pronto para a batalha", destaca Mikhail. "Grandes torneios internacionais são bons porque a competição é de alto nível. Todos os rivais são fortes e dignos de vitória", finaliza o russo.

Jerry Pritchett, aos 37 anos, 1,93 m e 164 kg, traz ao seu favor o fato de já ter competido sete vezes no Arnold Strongman Classic dos Estados Unidos, tendo um terceiro lugar em 2017 como melhor resultado. "Comecei a competir no Powerlifting aos 15 anos em 1996. Eu pesava 95 kg e hoje peso 160. Quando fui terceiro no Arnold Classic EUA, quebrei o recorde de levantamento terra com 467 kg de tração", conta Jerry. "Adoro as praias do Brasil e as pessoas que estarão no Força Bruta são ótimas para competir frente a frente", finaliza o norte-americano.

Os outros concorrentes - Campeão do Força Bruta em 2019 e vencedor do World's Strongest Man Masters no mesmo ano, o inglês Terry Hollands, 39 anos, é quem tem o currículo mais extenso entre os participantes, com os seus 1,99 m e 155 kg. Homem mais forte da Inglaterra, o atleta ostenta três terceiras colocações no torneio mundial World's Strongest Man, em 2007, 2011 e 2017. 

Campeão do Força Bruta em 2017 e 2018, Mateusz Kieliszkowski é provavelmente o mais cotado para tirar de Hollands o título nesta sétima edição. Com 26 anos, 1,96 m e 150 kg, Mateusz chega ao evento após ter garantido em 2019 o seu segundo vice-campeonato consecutivo do World's Strongest Man. Campeão polonês da modalidade nos últimos cinco anos, venceu ainda na temporada passada o Arnold Pro Strongman Europe e o World's Ultimate Strongman - Beasts of the Middle East.

As provas - Assim como nas edições anteriores, o Força Bruta terá três provas para a definição do campeão do torneio. A primeira será a medley, com o famoso três em um. Cada atleta vai iniciar no Dead Lift (levantamento de peso), onde farão quatro repetições com peso total de 320 kg. Em seguida, arrastarão uma corrente com peso de 300 kg (Chain), para finalizar no chamado Dumbell, que se ergue quatro vezes um halter com 105 kg.

A segunda prova será a do barril (Keg Toss), na qual cada competidor terá que jogar oito barris de 20 a 26 kg por cima de uma barra de cinco metros de altura. O campeão do Força Bruta 2020 será definido no Power Stairs, em que os atletas terão que subir cinco degraus elevando até o último "andar" três elementos distintos com pesos de 200 kg, 225 kg e 250 kg. 

O Força Bruta 2019 tem os patrocínios de Rexona, Piracanjuba, Hoteis.com, Atlhetica Nutrition e RUD Correntes, e conta com o apoio da Prefeitura de Cotia e Hotel Rancho Silvestre. A realização do evento é da Savaget & Excalibur Promoções e Eventos.

Serviço:
Força Bruta 2020
Local: Praça da Matriz - Cotia (SP) 
Endereço: Rua Senador Feijó, 12 - Centro
Data: 16 de fevereiro
Horário: a partir das 9h15
Entrada: Gratuita

Credenciamento de imprensa – Os veículos interessados em cobrir o Força Bruta devem enviar solicitação de credenciamento para o e-mail redacao@zdl.com.br. É preciso informar o nome do veículo de imprensa, nome completo e cargos dos profissionais, juntamente com e-mail e telefone de contato.

ZDL - Gustavo Coelho / Doro Jr. - Mtb 13209
E-mail: gustavo@zdl.com.br
Tel: 11 3285-5911 / Vivo: 11 9.8457-9699

Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica



Leia também...

16.02.2020

Russo supera favoritos e Marcos Ferrari bate recorde sul-americano no Força Bruta, em Cotia (SP)

Sétima edição do tradicional evento de strongman, o atletismo de força, foi realizado na manhã deste domingo (16) reunindo atletas de cinco Países e teve a vitória de Mikhail Shivlyakov, da Rússia

13.02.2020

Força Bruta é atração em Cotia (SP) com cinco países e tentativa de quebrar o recorde continental

A competição de strongman, o atletismo de força, será realizada na manhã do domingo (16), reunindo atletas da Inglaterra, Polônia, Rússia e Estados Unidos. Brasileiro Marcos Ferrari fará participação especial em busca de recorde sul-americano

13.02.2020

Inglês Terry Holands quer o bicampeonato do Força Bruta neste domingo (16)

Sétima edição da tradicional competição de atletismo de força, conhecido como strongman, será realizada em Cotia (SP), reunindo atletas de quatro países

11.02.2020

Bicampeão polonês Mateusz Kieliszkowsk quer retomar o título do Força Bruta em 2020

Atleta foi campeão nas duas edições em que participou do evento de atletismo de força, o strongman, em 2017 e 2018. Sétima edição está marcada para a manhã do domingo (16), em Cotia (SP)

Entre em contato