Capa

Melo e Kubot são vice-campeões do ATP 500 de Beijing

Final foi neste domingo (6), diante de Dodig e Polasek. Dupla segue agora para Xangai, onde nesta semana disputa o Masters 1000, defendendo o título conquistado no ano passado

06.10.2019  |  486 visualizações

São Paulo (SP) – Marcelo Melo e Lukasz Kubot são vice-campeões do ATP 500 de Beijing. A final, neste domingo (6), foi diante do croata Ivan Dodig e do eslovaco Filip Polasek, que marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (7-4), em 1h30min. Campeões de 2018, o mineiro Melo e o polonês Kubot - cabeças de chave número 2 - encerram uma semana em que fizeram bons jogos, chegando à decisão sem ter perdido nenhum set. Agora, seguem para a disputa do Masters 1000 de Xangai, onde também defendem o título conquistado no ano passado.

"Hoje acho que ele foram superiores. Nós não estávamos tão afinados como nos jogos anteriores. Mesmo assim tivemos uma bela chance no segundo set, que foi sacar para o set e não conseguimos aproveitar o set point. E dupla de alto nível é assim mesmo. Na semi, recuperamos um jogo perdido. Agora tivemos a oportunidade de levar para o match tie-break, mas não deu. Faz parte. Eles vêm jogando muito bem também. Jogo decidido nos detalhes. Realmente tiveram o mérito da vitória, aproveitaram que não estávamos tão bem para levar o título", analisou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG, Itambé e Taroii, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, VOSS e Confederação Brasileira de Tênis.

"Agora é seguir firme para Xangai. De qualquer maneira foi uma bela semana, ganhamos bons jogos, jogamos bem. Hoje mesmo estamos indo para Xangai, para treinar lá e tentar defender o título", completou. Jogando também como cabeças de chave número 2 no Masters 1000, a estreia será diante do croata Borna Coric e do chinês Runhao Hua, que receberam wild card, em dia e horário a serem definidos.

Chance de fechar o segundo set - Melo e Kubot entraram na quadra em busca do bicampeonato com uma invencibilidade de sete jogos no ATP 500 de Beijing - quatro em 2018, com o título, e três até a decisão deste domingo. No primeiro set, viram os adversários abrirem vantagem com uma quebra no sexto game, 4/2, tiveram chance de break na sequência, mas Dodig e Polasek salvaram, ganhando depois por 6/3. Na segunda série, mesmo com os adversários quebrando logo no primeiro game, Melo e Kubot não se abalaram e, com dois breaks, passaram à frente, 4/2. E tiveram um set point, no nono game, sacando para o set, mas não conseguiram aproveitar. Dodig e Polasek quebraram para deixar tudo igual novamente, vencendo no tie-break por 7/6 (7-4) para ficar com o título.

Esta foi a quarta final de Melo e Kubot na temporada e a 21ª juntos, a 60ª da carreira de Marcelo. Em 2019, foram campeões do ATP 250 de Winston-Salem e vices no ATP 500 de Halle, na Alemanha, Masters 1000 de Indian Wells (EUA) e, agora, na China. 

Em busca da classificação para o ATP Finals - Beijing foi o primeiro de quatro torneios da dupla nessa etapa final da temporada: também na China jogarão agora o Masters 1000 de Xangai, defendendo o título, e depois, até o final do mês, o ATP 500 de Viena, na Áustria, e o Masters 1000 de Paris. Entre os objetivos, a busca pela classificação para o ATP Finals, que reúne as oito melhores parcerias de 2019, em novembro, no encerramento do ano, em Londres, na Inglaterra, que pode vir já em Xangai. Melo e Kubot estão em segundo lugar na Corrida para Londres, atrás apenas dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah - única parceria classificada.

Trinta e sete vitórias em 2019 – O mineiro Marcelo Melo, 36 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 37 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Na temporada 2019, conquistaram 37 vitórias, quatro no Masters 1000 de Indian Wells, com o vice-campeonato, três no Masters 1000 de Miami, duas no Masters 1000 de Monte Carlo, uma em Barcelona, duas em Madri, três em Roma, duas em Roland Garros, uma em s-Hertogenbosch, três em Halle (com o vice), três em Wimbledon, duas em Washington, duas em Cincinnati, quatro com o título em Winston-Salem, duas no US Open e três no ATP 500 de Beijing. 

Principais conquistas na carreira – Marcelo conquistou em Winston-Salem, no mês de agosto, o seu 33º título na carreira, recordista brasileiro, todos em duplas. Dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de sete ATP 500 e 15 ATP 250. Em 2019, pelo 13º ano consecutivo comemora no mínimo um título por temporada. Foi a 13ª conquista ao lado de Kubot. Juntos, Melo e Kubot, ganharam pelo menos um torneio por ano desde 2015. Nesta temporada, Marcelo atingiu mais um recorde, ao somar 500 vitórias, maior vencedor entre os tenistas do país, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2019

Título
ATP 250 – Winston-Salem (EUA), rápida

Vice-campeonato 
Masters 1000 – Indian Wells (EUA), rápida
ATP 500 - Halle (Alemanha), grama 

Mais informações:
Site:  www.melomarcelo.com 
Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83 
Instagram: @marcelomelo83

ZDL
Doro Jr. - MTb 13209 -   dorojr@zdl.com.br    - 11 984579723
Deborah Mamone - MTb 15148  -   deborah@zdl.com.br    - 11 3285.5911

Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsport
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Troféu de vice-campeões junto com o fisioterapeuta Stefan Düll
    (Divulgação)

Leia também...

13.10.2019

Melo e Kubot são vice-campeões do Masters 1000 de Xangai

A decisão foi neste domingo (13), com vitória de Bruno Soares e Mate Pavic. Dupla encerra gira na China com duas finais e a vaga para o ATP Finals, no mês de novembro, em Londres, na Inglaterra. O próximo torneio será na Áustria, o ATP 500 de Viena, a partir do próximo dia 21

12.10.2019

Marcelo Melo busca bicampeonato com Lukasz Kubot e quarto título no Masters 1000 de Xangai

Atuais campeões chegaram à terceira final seguida do torneio ao derrotarem neste sábado (12) os franceses Mahut e Roger-Vasselin. A decisão, na madrugada deste domingo (13), às 2h30 (horário de Brasília), terá encontro de brasileiros: adversários serão o mineiro Bruno Soares e o croata Mate Pavic

10.10.2019

Com vaga na semifinal em Xangai, Marcelo Melo está no ATP Finals pela sétima vez seguida

Recordista entre os brasileiros, será a terceira participação com Lukasz Kubot na O2 Arena, na capital inglesa. Atual campeã na China, a dupla busca um lugar na terceira final consecutiva no Masters 1000, na madrugada deste sábado (12), às 2h30 (horário de Brasília), contra Mahut e Roger-Vasselin

09.10.2019

Melo e Kubot estão nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai

Nesta quinta-feira (10), a dupla - atual campeã e cabeça de chave número 2 - venceu Bopanna e Shapovalov. Na madrugada desta sexta-feira (11), por volta das 4h30 (horário de Brasília), busca vaga na semifinal contra Dodig e Polasek, repetindo a decisão do ATP 500 de Beijing

Entre em contato