Capa

No Masters 1000 de Roma, Melo e Kubot estreiam nesta segunda-feira (13)

Por volta das 9h (horário de Brasília), dupla cabeça de chave número 1 na Itália enfrenta os italianos Bolelli e Seppi, convidados do torneio

11.05.2019  |  190 visualizações

São Paulo (SP) - Marcelo Melo e Lukasz Kubot começam nesta segunda-feira (13) a disputa do Masters 1000 de Roma. A estreia será diante de uma dupla italiana, que recebeu wild card para jogar o torneio. Por volta das 9h (horário de Brasília), os cabeças de chave número 1 na Itália enfrentam Simone Bolelli e Andreas Seppi. Roma encerra a sequência de quatro torneios da dupla na gira no saibro europeu, antes de Roland Garros, segundo Grand Slam do ano que tem início no dia 26, em Paris, na França.  

"Preparados para a estreia, vamos com tudo aqui em Roma para buscar um bom resultado", afirma Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais e Confederação Brasileira de Tênis.

Antes de Roma, Melo e Kubot disputaram o Masters 1000 de Monte Carlo, o ATP 500 de Barcelona e o Masters 1000 de Madri. Nos três chegaram até as quartas de final, mesmo resultado da edição do ano passado na Itália.

Doze vitórias em 2019 – O mineiro Marcelo Melo, 35 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 36 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Na temporada 2019, conquistaram 12 vitórias, quatro no Masters 1000 de Indian Wells, com o vice-campeonato, três no Masters 1000 de Miami, duas no Masters 1000 de Monte Carlo, uma em Barcelona e duas em Madri.

Em 2018, Melo e Kubot disputaram 63 jogos, em 25 torneios, com 41 vitórias, conquistando quatro títulos: ATP 250 de Sidney, na Austrália; ATP 500 de Halle, na Alemanha; ATP 500 de Beijing e Masters 1000 de Xangai, ambos na China. Nos Grand Slam, foram vice-campeões no US Open, em Nova Iorque (EUA). O ano marcou três recordes na carreira de Marcelo: passou a ser o tenista brasileiro com maior número de semanas no topo do ranking - 56; recordista brasileiro em número de títulos da ATP, encerrando 2018 com 32; e o jogador brasileiro que mais vezes disputou o ATP Finals - seis vezes.

Principais conquistas na carreira - Entre os 32 títulos de Marcelo Melo na carreira, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de sete ATP 500 e 14 ATP 250. Em 2018, pelo 12º ano consecutivo comemorou ao menos um título por temporada. O primeiro título em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2019

Vice-campeonato 
Masters 1000 – 
Indian Wells (EUA), rápida 

Temporada 2018

Títulos:
ATP 250 –
 Sidney (Austrália), rápida
ATP 500 - Halle (Alemanha), grama
ATP 500 - Beijing (China), rápida
Masters 1000 - Xangai (China), rápida

Vice-campeonato:
Grand Slam - US Open
 - Nova Iorque (EUA), rápida

Mais informações:
Site:  www.melomarcelo.com 
Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83 
Instagram: @marcelomelo83

ZDL
Doro Jr. -   
dorojr@zdl.com.br    - 11 984579723
Deborah Mamone -   
deborah@zdl.com.br    - 11 3285.5911

Site: 
www.zdl.com.br

Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsport
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Marcelo disputa quarto torneio no saibro antes de Roland Garros
    (Aliny Calejon / Divulgação)

Leia também...

Entre em contato