Capa

Melo vence na estreia do Finals e fecha temporada como nº 1 do mundo no individual e em dupla

Ao lado do parceiro Kubot, derrotou o croata Ivan Dodig e o espanhol Marcel Granollers, dando o primeiro passo em busca do inédito título em Londres e comemorando a liderança nos rankings de 2017

13.11.2017  |  546 visualizações

São Paulo (SP) - Marcelo Melo e Lukasz Kubot venceram, nesta segunda-feira (13), o croata Ivan Dodig e o espanhol Marcel Granollers na estreia do ATP Finals, que reúne as oito melhores parcerias do ano na O2 Arena, em Londres, na Inglaterra. Muito mais do que uma vitória foi o primeiro passo em busca do inédito título. Com o resultado, Melo fecha a temporada 2017 na liderança do ranking mundial individual de duplas e, também, em primeiro lugar no ranking de dupla ao lado de Kubot.

Ao final da partida, Melo e Kubot receberam o troféu como parceria número 1 do mundo, com direito a muita festa. Duas novas conquistas em um ano em que comemoraram até agora seis títulos, entre eles o grande sonho de Marcelo, o de Wimbledon. É a segunda vez que Melo encerra o ano como líder do ranking individual - a primeira foi em 2015, jogando com Ivan Dodig.

"Estou realmente muito feliz por ter conquistado a vitória e garantido o ano como número 1 do mundo, tanto no individual como no time. Não teria como ser melhor. Fizemos de tudo, a temporada inteira, para poder chegar a isso. Foi um ano muito especial, com a conquista do título em Wimbledon e, agora, terminar como 1 nos dois rankings", comemorou Melo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

"Agradeço a todos que estão presentes aqui, desde a minha família, aos amigos, ao Sascha Zverev (Alexander Zverev), que também acompanhou o jogo do box. Obrigado a todos que ajudaram e apoiaram, os que estão desde o início, a Centauro, os que estão junto, BMG, Itambé, a Volvo, a Confederação Brasileira de Tênis, e todos que me apoiam e torcem por mim. E logicamente a todos os torcedores brasileiros que, presentes ou não, sempre mandam energias positivas. Um dos dias mais felizes da minha vida. Ter chegado ao posto de número 1 do mundo novamente é muito gratificante. Então é aproveitar o momento e seguir adiante", completou.

Cabeças de chave número 1, o mineiro Melo e o polonês Kubot ganharam do croata Ivan Dodig e do espanhol Marcel Granollers por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-2) e 6/4, em 1h35min, pelo Grupo Woodbridge / Woodforde. Foi a segunda vitória seguida diante dos adversários – antes venceram em Paris, para conquistar o título do Masters 1000, no dia 5 deste mês.

Nesta quarta-feira (15), disputam o segundo jogo do torneio diante dos irmãos norte-americanos Bob Bryan e Mike Bryan - cabeças 5 -, que nesta segunda-feira derrotaram o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray por 2 sets a 1 (7/5, 6/7 (3-7) e 10-8). A partida será às 10h (horário de Brasília). 

Melo disputa o Finals desde 2013. Foi finalista uma vez e chegou a duas semifinais, ao lado do então parceiro Dodig, que foi seu adversário nessa estreia da edição 2017. Agora, busca o inédito título com Kubot.

Muito equilíbrio no início - O jogo começou muito equilibrado. Com ótimos saques, devoluções, bonitas jogadas e nenhuma quebra, a definição foi para o tie break. Como em partidas anteriores, mais uma vez, Melo e Kubot jogaram muito para decidir o set. Sem dar chances aos adversários, marcaram 7-2 no tie break para fechar a primeira série em 7/6 (7-2), após 57 minutos. No segundo set, Melo e Kubot aproveitaram a confiança com a vitória no tie break para buscar a primeira quebra na partida. E ela veio no quarto game, após uma dupla falta de Granollers, para marcar 3/1. Na sequência, Kubot sacou para confirmar o serviço e abrir 4/1. Tiveram chance de quebrar novamente no sexto game. Mas, os adversários conseguiram se recuperar, mantendo o saque, e devolveram o break, no sétimo game, para encostar em 4/3, empatar em 4/4 e equilibrar novamente a partida. Só que Melo e Kubot não se abalaram. Sacaram para fazer 5/4 e voltaram a quebrar para fechar o set em 6/4 e comemorar a primeira vitória no Finals e a liderança nos rankings na temporada 2017.

Os grupos - O ATP Finals, que encerra a temporada será disputado até domingo (19). As oito duplas são divididas em dois grupos de quatro. Nessa primeira fase, todos jogam contra todos dentro de seu grupo. Os dois melhores de cada um disputam as semifinais, no sábado (18). A decisão do título será no domingo.

Melo e Kubot estão  no Grupo Woodbridge / Woodforde, junto com o também mineiro Bruno Soares e seu parceiro, o britânico Jamie Murray (cabeças 4), além dos irmãos norte-americanos Bob Bryan e Mike Bryan (5) e de Dodig/Granollers (7).  O outro grupo - Eltingh / Haarhuis - tem Kontinen e Peers, cabeças 2 e atuais campeões, ao lado do holandês Jean-Julien Rojer e do romeno Horia Tecau (3)); dos franceses Pierre-Hugues Herbert/Nicolas Mahut (6); e do norte-americano Ryan Harrison e do neozelanês Michael Venus (8).

Números da temporada, seis títulos e 49 vitórias – O mineiro Marcelo Melo, 34 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 35 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Em 2017, a dupla Melo e Kubot disputou 22 torneios, conquistou seis títulos, venceu 49 jogos, com apenas 16 derrotas. Entre essas vitórias está a 400ª da carreira do brasileiro, obtida na estreia em Roland Garros. Melo já ocupou outras três vezes o primeiro lugar no ranking mundial individual de duplas - em 2015, 2016 e 2017. 

Recordista brasileiro em número de títulos: Marcelo Melo é o brasileiro com maior número de títulos: 28, sendo oito Masters 1000.

Principais conquistas na carreira: o primeiro título em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam - Roland Garros 2015 e Wimbledon 2017 -, além de um vice em Londres (2013) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Paris chegou ao oitavo, depois de ganhar Shangai (2013 e 2015), Paris (2015), Toronto (2016), Cincinnati (2016) e Miami e Madri (2017).

Principais resultados em 2017 (23 torneios):

6 títulos: 
(conquistados em três pisos diferentes):
Grand Slam - Wimbledon, Londres (Inglaterra), grama 
Masters 1000 - Paris (França), rápida; Madri (Espanha), saibro; e Miami (EUA), rápida 
ATP 500 - Halle (Alemanha), grama 
ATP 250 - ‘s’Hertogenbosch (Holanda), grama 

3 vice-campeonatos:
Masters 1000 -
 Shanghai (China), rápida; Indian Wells (EUA), rápida  
ATP 500 - Washington(EUA), rápida 

1 semifinal:
Masters 1000 - Cincinatti (EUA)

6 quartas de final:
ATP 1000 - Monte Carlo (MON), Roma (ITA)
ATP 500 - Roterdan (HOL), Rio (BRA), Viena (AUT)
ATP 250 - Shenzhen (CHI) - disputado com o alemão Alexander Zverev

Mais informações:
Site:  
www.melomarcelo.com 
Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83 
Instagram: @marcelomelo83

ZDL
Doro Jr. -   
dorojr@zdl.com.br    - 11 984579723
Deborah Mamone -   
deborah@zdl.com.br    - 11 3285.5911

Site:   
www.zdl.com.br   
Facebook:   www.facebook.com/ZDLSports
Instagram:    www.instagram.com/zdlsports   
Twitter:    www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Mordendo o troféu
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

  • Dupla recebe o troféu de número 1 da temporada
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

  • Dupla posa com o troféu
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

  • Melo, Kubot e a equipe
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

  • Melo e Kubot venceram em dois sets
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

  • Melo prepara-se para receber saque
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

  • Marcelo Melo em treino no ATP Finals
    (Sergio Oprea / Zenith Marketing)

Leia também...

Entre em contato