Capa

Arnold Classic

Arnold Classic South America arrecada 4 toneladas de alimentos para entidade assistencial

Em sua estreia na cidade de São Paulo, evento de Schwarzenegger abriu mão de 50% do valor do ingresso para as pessoas que doaram 1 kg de alimento. Os 4 mil quilos serão entregues para a Casa do Zezinho, que há 20 anos ajuda crianças em situação de alta vulnerabilidade social e baixa renda

28.04.2017  |  1.695 visualizações
São Paulo (SP) - O Arnold Classic South America é o maior evento multiesportivo e feira de nutrição da América Latina. Na primeira edição em São Paulo (SP), encerrada dia 23 de abril, recebeu 10 mil atletas em 37 modalidades, mais de 60 mil visitantes e gerou números superiores a R$ 100 milhões em negócios. É muita coisa, mas tem mais. Em uma ação solidária, arrecadou 4 toneladas em alimentos para a Casa do Zezinho, entidade assistencial com mais de 20 anos de atuação, oferecendo educação, arte e cultura a crianças e jovens em situação de alta vulnerabilidade social e baixa renda, a fim de que superem suas limitações - sociais e pessoais.

Para a sexta edição, agendada para o período de 20 a 22 de abril de 2018, novas ações solidárias devem acontecer. "Como o próprio governador Schwarzenegger sempre afirma: precisamos retribuir o muito que recebemos. A ação faz parte desta filosofia e pretendemos repetir ao longo das edições do Arnold Classic South America", afirma Ana Paula Leal Graziano, diretora da feira e sócia de Arnold, juntamente com Luis Felipe Bonilha.

Na parceria entre Arnold Classic South America e Casa do Zezinho, os visitantes que comprassem ingresso antecipado com opção de doação de 1 kg de alimento não perecível, pagavam apenas meia entrada. Nesta mescla de espírito de solidariedade e senso de oportunidade, nada menos que 4 mil pessoas ajudaram a fazer a vida das crianças da entidade um pouco mais saudável e saborosa em 2017.

Lições do mestre - Arnold Schwarzenegger venceu em tudo que se propôs a fazer na vida. Lendário campeão de bodybuilder, astro de cinema e governador da Califórnia, o estado mais rico dos Estados Unidos. Quem poderia imaginar, além dele próprio, que o garoto saído de um pequeno vilarejo na Áustria seria a personificação do 'sonho americano'? "É preciso sonhar e querer realizar. Para isso é necessário dedicação e fazer as coisas com alegria. Para vencer no esporte, eu treinava mais de cinco horas por dia e sorrindo, enquanto outros reclamavam. E eu estava realmente feliz, porque cada repetição, cada peso que eu levantava, me deixava mais perto do meu objetivo, que era ser campeão. Esse tipo de atitude vale para tudo na vida", ensinou em uma de suas breves entrevistas em São Paulo.

Arnold deixou a Áustria aos 18 anos apenas com uma mochila de roupas e praticamente sem nenhum dinheiro no bolso para, anos mais tarde, conquistar o sucesso no esporte e nos negócios. Rico e bem sucedido, seria de se esperar que ele adotasse o discurso do tipo ' venci na vida sozinho'. Mas, ao contrário, ele valoriza o apoio que recebeu. "Fui muito longe na vida e com ajuda de muita gente. Não existe nada do tipo 'self-made man' (que significa alguém que se fez na vida apenas com esforço próprio). Meus pais me ajudaram a me tornar forte e seguro. Meus treinadores e professores me ensinaram muito. E há as pessoas que me ajudaram a vir para os Estados Unidos, as que me receberam de braços abertos na América, as que me ajudaram a entrar no mercado cinematográfico e as milhares de pessoas que votaram em mim para ser governador da Califórnia. É uma lista sem fim", afirmou.

"Todos recebemos muita ajuda e é preciso reconhecer isso, porque você se dá conta dessa verdade, começa a pensar em ajudar os outros. É o mais importante. Esse é o caso do Arnold Classic. É um festival esportivo com objetivo de inspirar as pessoas, especialmente as crianças do Brasil e do mundo a pensarem 'nós podemos! Ele conseguiu. Vou para a academia malhar agora!'. Todos têm o direito de fazer isso, seja no esporte ou em outras atividades, e aproveitar a vida como eu fiz", ensinou Schwarzenegger em sua primeira visita a São Paulo.

Mais quatro anos em São Paulo - A primeira edição do Arnold Classic South America em São Paulo superou todas as expectativas dos organizadores. O sucesso vai além do crescimento de 30% em relação ao ano passado. O número de lojistas participantes foi recorde, com 4.520 profissionais em busca de produtos, 50% a mais que em 2016. "A enorme movimentação de profissionais do mercado provocará volume de negócios acima de R$ 100 milhões. Também impactamos positivamente na economia da cidade com a criação de cinco mil empregos diretos e indiretos ", afirmou Luis Felipe Bonilha. Com tudo isso, o evento está garantido na capital paulista nos próximos quatro anos.

Evento Global - O Arnold Classic é hoje um evento de alcance mundial. Além da América do Sul e América do Norte, Schwarzenegger ampliou sua área de atuação nos demais continentes. É realizado também na Europa, Ásia, Oceania e África.

O Arnold Classic South America teve patrocínio diamond de Atlhetica Nutrition, Black Skull, Integralmedica, Max Titanium e Midway, patrocínio gold de Champion e apoios de WW transportes, Água Legítima Lindoia e Stadium. A realização foi de Savaget Excalibur Promoções e Eventos.

Mais informações:
- site oficial do evento: http://arnoldclassicsouthamerica.com.br/pt-br/
- fan page: https://www.facebook.com/arnoldclassicsouthamerica/?fref=ts


Doro Jr. - MTb 13209
dorojr@zdl.com.br
F: 11 32855911
Cel Vivo : 11 984579723

Rafael De Marco - Mtb.: 27556
rafael@zdl.com.br
F: 19 997912108

Facebook :ZDL Comunicação
Twitter : twitter.com/ZDLcomunica
Site: www.zdl.com.br
  • Schwarzenegger fala para plateia no Arnold Classic
    (Rodrigo Dod/Savaget)

  • Arnold com Ana Paula Leal e Luis Felipe Bonilha
    (Rodrigo Dod/Savaget)

  • Arnold Classic agitou a capital paulista
    (Rodrigo Dod/Savaget)

  • Descontração de Arnold em São Paulo
    (Rodrigo Dod/Savaget)

  • Arnold Schwarzenegger em São Paulo
    (Rodrigo Dod/Savaget)

  • Mantimentos entregues no evento
    (Divulgação)

Leia também...

Entre em contato