Capa

GOLFE

Golfe: Neozelandês assume liderança do Brasil Classic

Danny Lee é o líder parcial do torneio que teve final de segunda rodada adiado por conta do mau tempo; brasileiros Alexandre Rocha e Philippe Gasnier estão em terceiro lugar

05.04.2013  |  487 visualizações
São Paulo (SP) - Com atraso provocado pelo mau tempo pela manhã, a segunda rodada do Brasil Classic apresentado pelo HSBC, que teve início nesta sexta-feira (5), só será concluída no sábado pela manhã no São Paulo Golf Club, na capital paulista. O líder parcial e isolado do torneio, que faz parte do Web.com Tour, o circuito de acesso ao PGA Tour, é o neozelandês Danny Lee, com -12 tacadas em relação ao par, seguido pelo sueco Richard Johnson, com -10, e por seis competidores com -7, entre eles o paulista Alexandre Rocha e o carioca Philippe Gasnier, empatados na terceira colocação. Rocha e Johnson jogaram respectivamente 8 e 11 buracos e concluirão o restante no sábado a partir das 7h30.

Lee, um dos 70 jogadores que conseguiram concluir a segunda rodada na própria sexta-feira, mostrou enorme regularidade e somou 65 tacadas (-6) pelo segundo dia consecutivo. "Entrei em campo muito confiante, então nem o vento mais forte me atrapalhou. Não cometi muitos erros e minha estratégia foi me preocupar só com a minha próxima tacada, sem pensar no resultado final", disse o golfista de 22 anos. Ele já foi campeão do U.S. Amateur Championship, um dos mais importantes torneios amadores do mundo, em 2008, e, no ano seguinte, venceu uma etapa do Circuito Europeu, ainda como amador.

A segunda rodada começou, nesta sexta-feira, com três horas e meia de atraso, pois a chuva que caiu em São Paulo no final da madrugada e início da manhã alagou alguns trechos do campo. Previsto para iniciar às 6h30, o jogo só começou às 10h.

Os 72 golfistas que não conseguiram concluir a rodada retornam ao campo às 7h30 da manhã deste sábado para finalizar o jogo, interrompido às 17h40 por falta de luz. Só depois que todos concluírem a segunda rodada é que será definido o corte que classificará 60 jogadores e empatados para as finais, que terão início no final da manhã de sábado. O torneio termina no domingo.

Brasileiros jogam bem - Por mais um dia, os brasileiros não desapontaram a torcida. Vários deles têm chance de passar o corte, na manhã deste sábado, além de Rocha e Gasnier. É o caso dos gaúchos Rafael Barcellos (-5, empatado em 15º) e Fernando Mechereffe (-4, empatado em 22º) e do carioca Erik Andersson (-3, empatado em 32º). Os três concluíram o jogo na sexta, e devem passar o corte, que estava em -2 quando a rodada foi interrompida. O amador Rafael Becker, que terminou com -2, terá de aguardar para ver se passará mesmo o corte. O paranaense Odair Lima, assim como Rocha, só terminará o jogo no sábado, mas saiu de campo com -3 e empatado em 32º.

Ingressos gratuitos - Os ingressos para o Brasil Classic apresentado pelo HSBC são gratuitos e devem ser retirados com antecedência. Os golfistas podem obter os seus ingressos nas secretarias de seus clubes de golfe. Já o público em geral deve solicitar as suas entradas por meio do e-mail convite@brasilclassic.com.br e retirá-las no hotel Blue Tree Morumbi (Av. Roque Petroni Junior, 1000 - Brooklin) até este domingo (7).

Aulas para iniciantesAlém de assistir ao jogo, o público poderá participar de aulas gratuitas de golfe para iniciantes, que começaram nesta sexta e seguem no sábado das 12h às 16h e domingo das 12h às 15h. Essa é uma forma de ter um primeiro contato com o esporte, que retorna aos Jogos Olímpicos em 2016, no Rio de Janeiro.

O Brasil Classic é apresentado pelo HSBC e também tem como patrocinadores a Embrase Segurança e Serviços, a Sportv, a Rolex, a Nespresso e a YKP, além de apoio da Klabin, TAM Viagens e São Paulo Golf Club. O campeonato tem a chancela do PGA Tour, organização da IMX e realização da Confederação Brasileira de Golfe (CBG). O evento conta com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte.

Resultados em tempo real - Os resultados completos podem ser acompanhados em tempo real pelo site do Web.com Tour, mais especificamente no link http://www.pgatour.com/webcom/tournaments/brasil-classic-presented-by-hsbc/leaderboard.html

Imagens em vídeo para download - Diariamente, o Brasil Classic está disponibilizando imagens do torneio, em alta definição. Seguem as imagens do primeiro dia do torneio (4). tem 6min33 e pode ser baixados pelo endereço:

http://www.yousendit.com/download/UVJpcmxWUnJuSlM5TE1UQw

O vídeo contém: entrevista + imagens do Alexandre Rocha; entrevista + imagens do Erick Anderson; entrevista + Imagens do Phillipe Gasnier; entrevista + imagens do Danny Lee; cenas do Rafael Barcellos; cenas do Tom Hoge e cenas do Richard Johnson

Serviço

Brasil Classic apresentado pelo HSBC
Onde: São Paulo Golf Club (Praça Dom Francisco de Souza, 540, Santo Amaro, São Paulo - SP)
Quando: 6 a 7 de abril, a partir das 7h30

Credenciamento para a imprensa: Os jornalistas que forem o Pro-Am e o torneio devem enviar solicitação de credenciamento para o e-mail redacao@zdl.com.br, com nome, função e telefone.

Mais informações: www.brasilclassic.com.br

Sobre o HSBC
HSBC Bank Brasil: é uma subsidiária integral da HSBC Holdings, um dos maiores conglomerados financeiros do mundo. Com sede em Londres, o Grupo HSBC atua em 83 países das Américas, Europa, Ásia, Hong Kong, Oriente Médio e Oceania. Em 31 de dezembro de 2012 registrou lucro líquido de R$ 1,3 bilhão.

Patrocínios de golfe do HSBC
O compromisso global do HSBC com o golfe abrange todos os níveis do esporte, da base à elite. Na Ásia, o HSBC lançou eventos de golfe de classe mundial, como o WGC-HSBC Champions em Xangai e o HSBC Women's Champions em Singapura. O WGC-HSBC Champions é reconhecido como o 'Asia’s Major’ e já foi descrito por Tiger Woods, vencedor de 14 Majors e ex-campeão mundial, como "a joia do golfe asiático".

O HSBC também patrocina o Abu Dhabi HSBC Golf Championship, que rapidamente se tornou um dos maiores eventos do PGA Tour europeu, e, neste momento em que o golfe está voltando a ser um esporte olímpico no Rio 2016, também patrocina o Brasil Classic, que é uma etapa do Web.com PGA Tour, um evento de golfe internacional genuinamente brasileiro.

Recentemente, o HSBC tornou-se Patrono do The Open Championship. Esta parceria com o The Royal & Ancient é um importante componente do nosso portfólio global de golfe.

No entanto, por trás desses eventos está o nosso objetivo de longo prazo de criar um legado de torneios globais do HSBC através do patrocínio de jovens e programas de base. Além do compromisso com o jogo profissional, o HSBC pretende construir um legado através do patrocínio de jovens e programas de base ao redor do mundo. Na China, o HSBC apoia o programa HSBC China Junior Golf - uma estrutura sustentável de longo prazo sobre a qual o futuro do golfe está sendo construído na China e que inclui o China National Junior Team, patrocinado pelo HSBC, o HSBC China Junior Open e o HSBC National Junior Golf Championship. Esta série de torneios com duração de um ano foi concebida para oferecer aos golfistas da elite junior da China uma plataforma competitiva para desenvolver o esporte.

No Reino Unido, o HSBC é patrocinador do HSBC Golf Roots - programa de desenvolvimento nacional do The Golf Foundation, que promove o esporte em escolas, ajuda jovens a entrar em clubes e usa o golfe para ensinar valores importantes como a honestidade e o respeito.

Para mais detalhes sobre as atividades desenvolvidas pelo HSBC no mundo do golfe, visite o site www.hsbcgolf.com

Sobre a CBG
Entidade máxima do golfe no Brasil, a Confederação Brasileira de Golfe foi criada em 1957 com o nome de Associação Brasileira de Golfe, mudando para o nome atual em 1976. Hoje a CBG agrega oito federações e 117 campos afiliados. Em um cenário especial para o esporte no país, a entidade trabalha em conjunto com seus associados para incentivar a formação de novos talentos, assim como desenvolver e suportar atletas de alto rendimento e fomentar a maturidade técnica da modalidade.

Sobre a IMX
Com sede no Rio de Janeiro e conexões internacionais, a IMX, Joint-venture entre os Grupos EBX e IMG Worldwide, tem como objetivo ser uma das principais empresas do setor na América do Sul. As áreas de atuação dividem-se em quatro pilares: Eventos (criação, produção e promoção de eventos esportivos e entretenimento ao vivo), Serviços (gerenciamento de talentos, consultoria em marketing esportivo e Hospitality), Digital (venda de ingresso e distribuição de conteúdo) e Venues (gestão e operação de estádios, arenas e outros espaços para eventos). Através do braço IMX Live firmou sociedade com a empresa Rock World S.A, do empresário Roberto Medina, para expansão da marca Rock in Rio, em uma das maiores operações até então realizadas na indústria do entretenimento no Brasil.

Com a IMX Talent oferece planejamento de imagem e carreira com uma visão diferenciada e específica, valorizando cada etapa da vida profissional de seus clientes. A sociedade com o Cirque du Soleil marcou a criação da IMX Arts, trazendo o melhor do conteúdo ao vivo do Cirque du Soleil e potencializando o valor agregado e a marca Cirque du Soleil no Brasil e na América do Sul. Na área de esportes o portfólio da IMX inclui eventos como o ATP 500 (Tenis), UFC (MMA), Volvo Ocean Race (vela), Megarampa (skate), Brasil Classic (golfe), Mundial de Futevôlei 4x4, Vert Jam (esportes radicais), FMX (motocross), entre outros.

ZDL/Albatroz
Henrique Fruet - MTb 39614
fruet@albatrozcom.com.br
F: 11 984275844
  • Neozelandês Danny Lee
    (Zeca Resendes/CBG)

  • Danny Lee continua na frente
    (Zeca Resendes/CBG)

  • Richard Johnson, o vice-líder
    (Zeca Resendes/CBG)

  • Alexandre Rocha está empatado em terceiro lugar
    (Zeca Resendes/CBG)

  • O carioca Philippe Gasnier, também empatado em terceiro lugar
    (Zeca Resendes/CBG)

  • Fernando Mechereffe
    (Zeca Resendes/CBG)

  • Clínica aberta ao público prossegue no final de semana
    (Rodrigo Equi)

Leia também...

Entre em contato